A Markdata é uma software house integrada no Grupo Marktest, cuja origem remonta a 1989. Contudo, a Marktest começou a desenvolver softwar para análise de audiências desde 1982, que foi quando o primeiro optimizador para PC foi introduzido no mercado português. Todo o conhecimento acumulado foi transferido para a Markdata em 1989, quando Portugal entrou numa nova era de globalização e rapidamente se abriram oportunidades de exportar as nossas soluções para todo o mundo.

A FILOSOFIA

Na Markdata acreditamos que o principal elemento tecnológico e inovador, dentro e fora de uma empresa, são as pessoas, e que a capacidade de utilizar e desenvolver aplicações para obter análises mais profundas e integradas está fortemente influenciada pela capacidade de comunicar e aprender dentro do meio que nos rodeia. Desse modo, a Markdata apresenta-se não somente como uma empresa mas como uma ferramenta tecnológica de inovação e apoio a todos os intervenientes no mercado dos media.

A EXPERIÊNCIA

Nestes últimos 29 anos fomos acompanhando a constante evolução dos mercados e adaptando-nos às diferentes realidades de medição e análise de cada país, o que nos permitiu adquirir uma experiência consolidada no desenvolvimento de soluções de vanguarda, hoje utilizadas por milhares de clientes a nivel mundial.

Desde sempre apostámos em soluções tecnológicas próprias e inovadoras, desde a estrutura das bases de dados, aos algoritmos dos motores de cálculo e a user-interfaces funcionais que se podem personalizar.

A INDEPENDÊNCIA

A Markdata caracteriza-se pela sua independência na medição de audiências, fornecendo soluções independentemente do modelo de medição. Desta forma, podemos trabalhar mundialmente com sistemas de diversos grupos localizados em diferentes continentes. Fruto desta diversidade de modelos de medição e experiências internacionais nasceram as soluções globais que permitem explorar em profundidade as audiências de qualquer meio e toda a informação que se relaciona com a mesma (programação, publicidade, notícias, etc).

A EFICIÊNCIA

Para que uma plataforma tecnológica contribua eficazmente na análise de audiências, também é importante que a base de dados em que se apoia seja rica e flexível, o que nos permite falar de vários modos de extracção, representação e interpretação da informação, como por exemplo, para além dos indicadores básicos de análise, índices de valorização de programas, audiências cruzadas com informação meteorológica, audiências por tv sets ou plataformas de distribuição de sinal, timeshit, análises de coviewing, fusão de dados TAM com dados TGI, etc...

A INTEGRAÇÃO

Outro aspecto importante de integração de informação é que cada cliente tem informação privada que deseja cruzar com os dados fornecidos pelos institutos de medição e distribuição de audiências. É fundamental poder conjugar essa informação restrita do cliente com a informação global, ou complementar a existente para obter análises mais ricas e completas, algo que as nossas aplicações permitem fazer, integrando todos os tipos de informação, como por exemplo: executivos de contas, grupos de marcas, produtoras, conteúdos de talk shows ou noticiários, protagonistas, etc... tudo isso é possível com o nosso sofwtare MMW (Markdata Media Workstation).

A VERSATILIDADE

Em termos de dimensão de clientes, os grandes clientes têm os seus próprios sistemas que se alimentam da informação dos Institutos. Por isso é tão importante apresentar soluções que permitem a integração e comunicação entre ambas as plataformas, como a nossa. Por outro lado, os pequenos clientes podem não ter acesso a software próprio de investigação, mas ainda assim necessitarem de soluções executivas. Pequenos módulos que permitam obter resultados finais já formatados, muito gráficos, com alertas para que se comprrenda rapidamente os contornos da informação de forma a tomar decisões, são possíveis através da nossa ferramenta MRS (MAP Reporting Service).

A INOVAÇÃO

Ainda, nestes últimos 29 anos os clientes têm beneficiado de sistemas mais gráficos, mais inteligentes, totalmente integrados com módulos que comunicam multilateralmente entre si. O meio isolado já não existe, os sistemas multimedia, multi-país, são o presente; e a complemetariedade com outras bases de dados externas, globais e/ou específicas, são um valor acrescentado muito importante e que está incluído nas nossas plataformas tecnológicas actuais.

A automatização de processos optimizando o tempo despendido na geração de relatórios para executivos e para processos de tomada de decisão, é outro facto importante que permite libertar mais tempo para a investigação pura dos dados dos meios. Por essa razão, as aplicações verticais estão cada vez mais em desuso, o modular e o multi são as palavras de ordem, pelo que o futuro passará cada vez mais por soluções ainda mais inteligentes e flexíveis, possíveis com a nossa plataforma MAP (Markdata Application Platform) e ainda por motores de cálculo optimizados e que sejam integráveis com outros sistemas, que é o caso da recente tecnologia MAFRAS (Markdata Application Framework Running As a Service). Estas novas plataformas vão ao encontro da realidade distinta e evolutiva de cada país e de cada cliente.

 

Markdata

Sítio
E-mail
Telefone
  • (+351) 213 173 400
Fax
  • (+351) 213 155 046
Morada

As pessoas

Coordenador de Desenvolvimento de Software
Paulo Silva
Director Comercial
Francisco Giménez