Modelo Continente maior anunciante de Tv

De acordo com os dados a preços de tabela da MediaMonitor, o Modelo Continente foi o anunciante que mais investiu em publicidade na televisão durante o ano de 2008.

Grupo Marktest, 20 janeiro 2009

Durante o ano de 2008 o Modelo Continente Hipermercados foi o anunciante que mais investiu em publicidade nos quatro canais de Tv de sinal aberto, considerando os valores a preços de tabela. Este anunciante foi responsável por 4.2% do investimento total realizado na RTP1, RTP2, SIC e TVI.

A L'Oreal Portugal foi o segundo maior investidor, responsável por 3.9% dos montantes globais do meio, seguida da Unilever-JM, que colocou 3.4% do investimento do meio.

Os 15 maiores investidores em publicidade televisiva foram responsáveis por 37.6% dos montantes totais do meio.

Analisados os valores associados aos vários programas de televisão, os dados da MediaMonitor indicam que a novela da TVI Fascínios foi a que mais publicidade captou durante o ano, responsável por 5.3% do investimento publicitário realizado em televisão durante o ano de 2008. A Outra, outra novela da TVI, ficou na segunda posição, com 5.2% da publicidade total, e Jornal Nacional, do mesmo canal, ocupou a terceira posição, responsável por 4.6% do investimento em publicidade no ano.

As cinco primeiras posições do top de investimento foram ocupadas por programas exibidos pela TVI, que colocou ainda mais quatro programas no top 15, tendo a SIC colocado 4 programas e a RTP1 dois. Na SIC, o programa que mais publicidade atraiu durante o ano foi Jornal da Noite (3.7% do total do meio) e na RTP1 foi o Telejornal o que mais publicidade recolheu (2.4% do total).

No seu conjunto, estes 15 programas atraíram 44.6% do volume publicitário total do ano.

Esta análise foi realizada com recurso ao software MMW/Videotrack da MediaMonitor, para o período compreendido entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2008. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias relacionadas

Do mesmo tema: Investimentos Publicitários

O Grupo Marktest autoriza a reprodução desta notícia nos meios de comunicação social desde que indicada a fonte: Grupo Marktest e outras fontes por ele citadas

Notícias recentes

Notícias da mesma semana

Antigas

Era notícia há um ano
Era notícia há dois anos
Era notícia há três anos

Arquivo

3 março 2015