20 maiores anunciantes representam 40% do investimento publicitário

Os dados da MediaMonitor mostram que, a preços de tabela, os 20 maiores anunciantes foram responsáveis por 40% dos montantes publicitários de Fevereiro.

Grupo Marktest,  29 março 2011

Em Fevereiro de 2011, os anunciantes portugueses colocaram cerca de 2,4 milhões de inserções publicitárias nos cinco principais meios above the line (televisão, rádio, imprensa, cinema e outdoor).

Este valor representou uma descida mensal de 6.9% mas um crescimento homólogo de 3.5%. É de salientar que o período de recolha da informação relativa a Fevereiro de 2011 não está ainda concluído para todos os meios (ver nota da situação verificada em Fevereiro).

Em Fevereiro o Modelo Continente manteve a liderança na tabela dos maiores investidores em publicidade, responsável por um share of voice de 5.5% face ao total do mercado publicitário e de 13.6% relativamente ao total dos 20 maiores anunciantes do mês.

A Procter & Gamble subiu à segunda posição, responsável por 4.1% do investimento publicitário total e por 10.3% do colocado pelos 20 maiores anunciantes de Fevereiro.

O Pingo Doce está na 3ª posição, com um share of voice de 3.5% face ao total do mercado publicitário e de 8.8% face ao total dos 20 mais.

No seu conjunto, os 20 maiores anunciantes colocaram 40.1% do valor publicitário registado em Fevereiro de 2010, em preços de tabela.

Os maiores investidores privilegiaram, mais do que a média, a televisão - para onde canalizaram 93.6% dos seus budgets. À imprensa atribuíram 3.9%, ao outdoor e à rádio dirigiram 1.9% e ao cinema 0.4%.

Esta análise foi realizada com recurso ao software MMW/Admonitor da MediaMonitor, para o período compreendido entre 1 e 28 de Fevereiro de 2011, com a informação disponível na seguinte Ficha. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda

14 maio 2018
Experiential Marketing Summit - Marketer 
São Francisco, EUA, 14 a 16 de maio de 2018 ,
30 maio 2018
GEN Summit - Global Editors Network 
De acordo com a página deste evento, vão ser abordados temas como o papel da inteligência artificial no ecossistema editorial e como é que os meios de comunicação podem adoptar a inteligência artifical de modo a beneficiar as redações.
Pátio da Galé, Lisboa, 30 de maio a 1 de junho de 2018 ,

mais acontecimentos em Agenda