Mais de 1 milhão pesquisa anúncios de emprego online

De acordo com os resultados de 2013 do Bareme Internet da Marktest, 1,3 milhões de portugueses procurou emprego através de anúncios online.

Grupo Marktest,  22 abril 2014
O estudo Bareme Internet 2013 da Marktest contabiliza em 1 294 mil o número de residentes no Continente com 15 e mais anos que procura anúncios de emprego na Internet, um número que representa 15.1% do universo.

Este valor, que tem vindo a aumentar desde 2010, representou um novo acréscimo de 16.5% face a 2012 (quando se situava em 1 111 mil).

Os desempregados são os que mais acedem à Internet para consultar anúncios de emprego: 51.5% tem este hábito. Neste segmento evidenciam-se ainda os quadros médios e superiores e os empregados do comércio, serviços e administrativos, com 27.1% e 25.0%, respetivamente.

Os mais jovens têm também um peso considerável neste tipo de consulta. Entre os jovens dos 18 aos 24 anos, 28.24% tem este hábito, assim como 37.9% dos que têm entre 25 e 34 anos.

Por região, os residentes no Grande Porto apresentam maior taxa: 18.7%. Por classe social, os indivíduos das classes mais elevadas apresentam também valores acima da média: 18.9% na classe Alta e 19.2% na classe Média Alta.

A análise realizada teve como base os resultados do estudo Bareme Internet da Marktest. Contacte-nos se deseja mais informações sobre o assunto.

Do mesmo tema: Audiências de Internet

O Grupo Marktest autoriza a reprodução desta notícia nos meios de comunicação social desde que indicada a fonte: Grupo Marktest e outras fontes por ele citadas

Notícias recentes

Notícias da mesma semana

Antigas

Era notícia há um ano
Era notícia há dois anos
Era notícia há três anos

Arquivo

24 julho 2017