Dois em cada três portugueses perderam rendimento nos últimos 5 anos

Em sondagem exclusiva realizada pelo Fonebus da Marktest, dois em cada três portugueses dizem ter perdido rendimento disponível nos últimos 5 anos.

Grupo Marktest,  14 abril 2015

"Nestes últimos cinco anos, desde 2010, o/a senhor/a aumentou, perdeu ou manteve o seu rendimento disponível?" Esta foi uma das questões colocadas pela Marktest em sondagem realizada pelo Fonebus junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos. E as respostas foram claras: cerca de dois em cada três inquiridos (65%) confirmam que o seu rendimento disponível baixou neste período.

24% dos entrevistados confessou que o seu rendimento disponível se manteve inalterado nos últimos 5 anos enquanto 9% referiu que ele aumentou e 3% não soube ou não quis responder à questão.

Uma análise segundo o perfil dos inquiridos mostra que os mais jovens são quem menos refere ter perdido rendimento disponível nos últimos 5 anos e quem mais diz ter aumentado. O facto de ser normalmente nesta faixa etária que se inicia a entrada no mercado de trabalho e portanto a aquisição de rendimentos próprios estará seguramente relacionado com esta posição dos jovens.

Pelo contrário, os indivíduos dos 55 aos 64 anos, os residentes na Grande Lisboa e os das classes mais elevadas são quem mais refere ter perdido rendimento disponível no período considerado.

Este estudo foi realizado no Fonebus da Marktest, entre os dias 18 e 24 de Março de 2015, de acordo com a seguinte a Ficha Técnica. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda

14 maio 2018
Experiential Marketing Summit - Marketer 
São Francisco, EUA, 14 a 16 de maio de 2018 ,
30 maio 2018
GEN Summit - Global Editors Network 
De acordo com a página deste evento, vão ser abordados temas como o papel da inteligência artificial no ecossistema editorial e como é que os meios de comunicação podem adoptar a inteligência artifical de modo a beneficiar as redações.
Pátio da Galé, Lisboa, 30 de maio a 1 de junho de 2018 ,

mais acontecimentos em Agenda