Continua a crescer número de portugueses que marca viagens ou alojamento online

Nos últimos cinco anos, subiu o número de portugueses que usam a Internet para marcar viagens ou alojamento sendo hoje hábito de mais de um em cada cinco internautas.

Grupo Marktest,  1 setembro 2015

O estudo Bareme Internet 2015 da Marktest quantifica em 1 905 mil o número de residentes no Continente com 15 e mais anos que afirmaram marcar viagens/alojamento online, um número que representa 22.2% do universo em análise. Isso significa que mais de um em cada cinco internautas costuma fazer este tipo de marcações na Internet.

Os dados do Bareme Internet também mostram que o número de internautas com este hábito tem aumentado nos últimos cinco anos, passando de 16.7% em 2010 para os 22.2% agora observados.

Este número regista no entanto grandes oscilações entre as idades, a classe social ou a ocupação dos indivíduos, sendo entre os 25 e os 34 anos que é mais frequente este hábito. Os indivíduos da classe alta e os quadros médios e superiores são os que mais recorrem à Internet para marcar viagens ou alojamento, com uma taxa quase três vezes superior à média.

A análise realizada teve como base os resultados de 2015 do estudo Bareme Internet, o estudo de referência sobre a penetração da Internet na população portuguesa e sobre comportamentos dos cibernautas portugueses realizado pela Marktest desde 1996. Este estudo analisa o universo constituído pelos residentes no Continente com 15 e mais anos. Contacte-nos se deseja mais informações sobre este assunto.

Em Agenda

MRS Customer Summit 2017
(Local a confirmar), 2 de novembro de 2017,
Methodology in Context 2017
É o terceiro ano desta conferência, organizada pela MRS em parceria com a Research Live.
Londres, Inglaterra, 23 de novembro de 2017,

mais acontecimentos em Agenda