Presidência Trump: portugueses antecipam impacto negativo para Europa

Em sondagem realizada pelo Fonebus da Marktest, os portugueses antecipam um impacto negativo para a Europa da Presidência de Donald Trump.

Grupo Marktest,  29 novembro 2016

"Recentemente, os cidadãos dos Estados Unidos da América elegeram Donald Trump para futuro Presidente. Em sua opinião, a Presidência de Donald Trump terá, para a Europa, um impacto …". Esta foi a questão que a Marktest colocou aos residentes no Continente com 18 e mais anos.

E a resposta foi clara: a maioria (56.8%) antecipa um impacto negativo ou muito negativo, 16% entende que o impacto será nulo e 22% diz não saber ou não responde à questão. Apenas 5% acha que o impacto da presidência Trump poderá ser positivo ou muito positivo para a Europa. Entre os mais pessimistas estão sobretudo as mulheres, os indivíduos mais jovens e os das classes sociais mais elevadas.

Mais otimismo é revelado quando se coloca a questão "E, para o caso concreto de Portugal, acha que esse impacto será …", embora também as respostas mais frequentes sejam as de que esse impacto será negativo ou muito negativo (39%). Um terço dos inquiridos entende que o impacto para Portugal da presidência de Trump não será nem positivo nem negativo e 23.5% não sabe ou não responde à questão. Apenas 4.3% acredita que esse impacto será positivo ou muito positivo.

Também nesta questão, entre os mais pessimistas estão sobretudo as mulheres, os indivíduos entre os 55 e os 64 anos e os das classes sociais mais elevadas.

Esta sondagem foi realizada no Fonebus da Marktest, entre os dias 16 e 21 de Novembro de 2016, com a seguinte Ficha Técnica. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Em Agenda

Best of Germany 2017
A ESOMAR traz a Berlim os pontos mais importantes da sua Conferência Internacional realizada em Amesterdão entre 10 e 13 de Setembro.
Berlim, ALemanha, 5 de outubro de 2017,
Financial Services Research 2017
Londres, Inglaterra, 16 de novembro de 2017,

mais acontecimentos em Agenda