Como será 2017 em termos económicos?

Este foi o tema de uma sondagem da Win Gallup International, que mostra opiniões globais divididas e diferenças entre os 66 países em análise.

Grupo Marktest,  14 fevereiro 2017

"Em comparação com este ano, em sua opinião, 2017 será, para o seu país, um ano de prosperidade económica, de dificuldade económica ou permanecerá o mesmo? " Esta foi a pergunta que a Win Gallup International, network internacional à qual a Marktest se encontra associada, colocou aos habitantes de 66 países do mundo.

Apenas 29% dos inquiridos a nível global estão otimistas antecipando um ano de prosperidade económica. Pelo contrário, 32% entendem que 2017 será um ano de dificuldades económicas e 33% acham que será igual ao ano transato, havendo ainda 7% de não respostas. Estes valores mostram que a opinião global dos inquiridos se encontra bastante dividida.

Os resultados revelam ainda diferenças muito significativas entre os vários países em análise. Se no Bangladesh ou no Gana 81% e 73% dos inquiridos acreditam que este ano será um ano de prosperidade económica, já na Coreia do Sul, Grécia ou México este valor não excede os 7%.

Entre os mais pessimistas, estão ainda Hong Kong e Ucrânia, regiões onde 64% e 62% dos inquiridos antecipam dificuldades económicas para este ano.

Portugal está entre os 31 países mais otimistas, com 27% a considerar que 2017 será um ano de prosperidade económica, 22% a entender que será de dificuldades económicas e 47% a pensar que se manterá igual ao ano anterior, havendo ainda 3% que não soube ou não respondeu à questão.

O mapa representa a opinião dos que entendem que 2017 será um ano de prosperidade económica, onde podemos constatar que em alguns países de África e na Ásia o otimismo supera os valores médios.

Em termos de continentes, confirmamos esta mesma constatação e vemos como é na União Europeia que mais pessimistas se mostram os entrevistados, com apenas 17% a considerar que 2017 será um ano de prosperidade, face a 25% que antecipam dificuldades económicas e 41% que entendem que as condições económicas se manterão e 7% não respondem.

O estudo da Win Gallup foi realizado entre Outubro e Dezembro de 2016, junto de uma amostra de 68 759 entrevistados, residentes em 69 países de todas as regiões do Mundo. Em Portugal, a Marktest foi a responsável pela recolha de informação, que consistiu num estudo online junto de uma amostra de 1007 indivíduos com 18 e mais anos.

A Marktest é associada da WIN-Gallup International desde o início de 2012. A rede Worldwide Independent Network/Gallup International Association (WIN/GIA) é composta pelas 67 maiores empresas independentes de estudos e mercado e sondagens de opinião a nível global, que em conjunto representam mais de 600 milhões de USD em receitas e 89% do mercado mundial. A Marktest foi a empresa portuguesa seleccionada para fazer parte desta rede, estando a partir de agora apetrechada com ferramentas que nos permitem responder de forma ainda mais integrada às necessidades dos nossos clientes.

Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda

21 novembro 2017
European Big Data Value - Comissão Europeia 
Versailles, França, 21 a 23 de novembro de 2017
23 novembro 2017
Methodology in Context 2017 - MRS-The Market Research Society 
É o terceiro ano desta conferência, organizada pela MRS em parceria com a Research Live.
Londres, Inglaterra, 23 de novembro de 2017 ,

mais acontecimentos em Agenda