Apenas em 5 concelhos as mulheres ganham em média mais do que os homens

Ourique, Mértola, Castanheira de Pêra, Nordeste e Lajes do Pico são os únicos concelhos do país onde, em média, as mulheres ganham mais do que os homens.

Grupo Marktest,  7 março 2017

Segundo os dados do INE, acessíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest e na sua aplicação web Municípios Online, na generalidade dos concelhos do país os homens (trabalhadores por conta de outrem) ganham, em média, mais do que as mulheres. Mas há cinco exceções: Ourique, Mértola, Castanheira de Pêra, Nordeste e Lajes do Pico. Aqui, embora por uma pequena diferença, são as mulheres a registar um ganho médio mensal mais elevado. Em Ourique as mulheres ganham em média mais 10 euros do que os homens e em Lajes do Pico ganham mais 26 euros.

Pelo contrário, em Alcochete a diferença entre o ganho dos homens supera os mil euros face ao ganho das mulheres. Entre os trabalhadores por conta de outrem neste concelho, eles ganham em média 2073 euros mensais e elas 906 euros. Este concelho é aliás o segundo onde os homens mais ganham, em média.

Vila do Porto, Sines, Castro Verde e Vila Velha de Ródão são os outros concelhos onde a disparidade salarial entre homens e mulheres é maior (entre 928 e 615 euros).

Os dados mostram ainda que Oeiras é o concelho onde as mulheres mais ganham, uma média de 1405 euros mensais, à frente de Lisboa (1373 euros) e Sines (1189 euros). Em contrapartida, em Celorico da Beira, Lousada e Gavião as mulheres têm o menor ganho médio mensal, não superando os 640 euros.

O gráfico seguinte mostra o posicionamento dos concelhos do Continente face a 3 variáveis: a disparidade salarial por género (diferença entre o ganho médio dos homens e das mulheres), no eixo horizontal, o índice de poder de compra (eixo vertical) e a população residente (dimensão dos círculos). As cores dos círculos representam as regiões Marktest a que pertencem os concelhos. Clicando na legenda podem retirar-se ou adicionar-se regiões e passando o mouse pelos círculos pode ler-se o nome do concelho e os respetivos valores.

Os dados desta análise são publicados pelo INE e relativos ao ano 2013, estando disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest e na sua aplicação web Municípios Online.

Consulte aqui mais informação sobre esta aplicação ou contacte-nos para mais informações.

Em Agenda

XXIII Congresso da Sociedade Portuguesa e Estatística
Este Congresso inclui um mini-curso, sessões temáticas, sessões livres e sessões plenárias.
Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), 18 a 21 de outubro de 2017,
Research & Results 2017
Null
Munique, Alemanha, 25 e 26 de outubro de 2017,

mais acontecimentos em Agenda