Maioria prefere impostos baixos, sem benefícios sociais

De acordo com a sondagem realizada pela Win Gallup International, 51% dos inquiridos em 68 países prefere uma sociedade com impostos baixos, deixando as pessoas responsáveis por si mesmas ao nível dos benefícios sociais. Mas há diferenças entre as várias nações.

Grupo Marktest,  11 abril 2017

"Se tivesse de escolher entre dois tipos de Governo, qual escolheria? Uma sociedade com elevados benefícios sociais, mas com impostos elevados; Uma sociedade com impostos baixos, mas as pessoas são responsáveis por si próprias?". Estas foram as hipóteses colocadas pela Win Gallup International (à qual a Marktest se encontra associada) aos habitantes de 68 países do mundo.

Globalmente, 51% optou por "Uma sociedade com impostos baixos, mas as pessoas são responsáveis por si própria", 37% por "Uma sociedade com elevados benefícios sociais, mas com impostos elevados" e 12% não soube ou não quis responder à pergunta colocada.

Considerando os países inquiridos e analisando as respostas dos que preferem uma sociedade com impostos baixos, sendo as pessoas responsáveis por si próprias, destacam-se os resultados do México (75%), Turquia (77%), Roménia (82%) e Colômbia (82%). É ainda de referir que do total de 68 países inquiridos, 36 deu preferência e esta opção de Governo (com resposta igual ou superior a 50%).

Já os que preferem como forma de Governo uma sociedade com elevados benefícios sociais, mas com impostos elevados, são de destacar países como Filipinas (66%), Espanha (69%) e Dinamarca (71%). Do conjunto dos países inquiridos, apenas 11 assumiu esta opção como preferencial.

Portugal está entre os países onde o resultado é mais equilibrado: 46% prefere uma sociedade com elevados benefícios sociais, mas com impostos elevados e 43% uma sociedade com impostos baixos, mas as pessoas responsáveis por si próprias.

O mapa representa a resposta mais referida no conjunto dos países:

Por grandes regiões, é na América Latina que a percentagem dos que preferem pagar menos impostos, mesmo sem contrapartidas sociais é mais elevada: 63%. Já no conjunto de países que compõe a União Europeia, as respostas são mais equilibradas. Ainda assim, 43% prefere uma sociedade com impostos baixos, mas as pessoas responsáveis por si próprias e 42% uma sociedade com elevados benefícios sociais, mas com impostos elevados.

É ainda de salientar os resultados obtidos de acordo com a escolaridade dos inquiridos. À medida que as habilitações literárias aumentam, a opção de uma sociedade com impostos baixos, mas as pessoas responsáveis por si próprias vai diminuindo. Ainda assim permanece como a resposta mais referida por todos os inquiridos, como se pode ver no quadro abaixo:

O estudo da Win Gallup foi realizado entre 14 e 20 Novembro de 2016, junto de uma amostra de 69 791 entrevistados, residentes em 69 países de todas as regiões do Mundo. Em Portugal, a Marktest foi a responsável pela recolha de informação, que consistiu num estudo online junto de uma amostra de 1007 indivíduos com 18 e mais anos.

A Marktest é associada da WIN-Gallup International desde o início de 2012. A rede Worldwide Independent Network/Gallup International Association (WIN/GIA) é composta pelas 67 maiores empresas independentes de estudos e mercado e sondagens de opinião a nível global, que em conjunto representam mais de 600 milhões de USD em receitas e 89% do mercado mundial. A Marktest foi a empresa portuguesa seleccionada para fazer parte desta rede, estando a partir de agora apetrechada com ferramentas que nos permitem responder de forma ainda mais integrada às necessidades dos nossos clientes.

Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Do mesmo tema: Notícias internacionais

O Grupo Marktest autoriza a reprodução desta notícia nos meios de comunicação social desde que indicada a fonte: Grupo Marktest e outras fontes por ele citadas

Notícias recentes

Notícias da mesma semana

Antigas

Era notícia há um ano
Era notícia há dois anos
Era notícia há três anos

Arquivo

Em Agenda

MRS Customer Summit 2017
Null
(Local a confirmar), 2 de novembro de 2017,
Financial Services Research 2017
Null
Londres, Inglaterra, 16 de novembro de 2017,

mais acontecimentos em Agenda