Marktest Angola apresenta resultados de estudos

Marktest Angola apresenta resultados de estudos

A Marktest Angola apresentou em Luanda, no passado dia 16 de novembro, os resultados da sua atividade durante o ano de 2017.

Grupo Marktest
28 novembro 2017

Foi em Luanda que a Marktest Angola divulgou, na 11ª Conferência Marktest Angola, os resultados dos seus serviços de monitorização de investimentos publicitários e estudos de recordação publicitária, bem como do seu estudo All Media and Products Study (AMPS), que já vai na 11ª edição.

No início desta conferência foi apresentada a evolução da Marktest Angola, os estudos realizados ao longo dos 11 anos de vida desta empresa. O ano de 2017 fica marcado pelo reforço e consolidação dos estudos desenvolvidos, nomeadamente estudos Ad’hoc para as áreas de Serviços, FMCG (alimentares/bebidas/higiene), Retalho, Petróleo e Automóveis, como também o reforço do AMPS após o crescimento deste no ano de 2016.

Nesta conferência foram divulgados alguns resultados para diferentes áreas do estudo AMPS, nomeadamente ao nível do consumo de Media (imprensa, rádio, televisão, internet e cinema), consumo de Bens (consumo em cada categoria, perfil de consumo, penetração das marcas, locais de compra e frequência de compra) e consumo de Serviços (ao nível da Pay TV, Telecomunicações, Banca e Seguros – com a divulgação de dados de penetração da categoria, perfil de clientes, penetração das marcas, satisfação e imagem das empresas).

Foi ainda apresentado um exemplo do planeamento para um investimento publicitário em TV, recorrendo ao PlanView.

Relativamente ao investimento publicitário, considera a Marktest Angola ser fundamental a isenção e independência no tratamento da informação, para que os intervenientes possam acompanhar as campanhas, conhecendo na totalidade quem está a Comunicar.

A última apresentação foi relativa ao serviço de Clipping, um serviço que permite ao cliente acompanhar nos Media tudo o que se divulga acerca deste, bem como o sector em que atua e/ou o sector concorrente.

Se pretender mais informações sobre este assunto, contacte-nos

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais