Mais de 4 milhões de toneladas de resíduos urbanos recolhidos

Mais de 4 milhões de toneladas de resíduos urbanos recolhidos

De acordo com os dados do INE, disponibilizados pela Marktest no seu sistema Sales Index, em 2016 foram recolhidas 4,8 milhões de toneladas de resíduos urbanos.

Grupo Marktest
19 junho 2018

Os dados do INE, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest e na sua aplicação web Municípios Online, mostram que em Portugal foram recolhidas em 2016 um total de 4,8 milhões de toneladas de resíduos urbanos. Destas, cerca de 4 milhões de toneladas foram recolhidas através de sistema de recolha indiferenciada e cerca de 776 mil toneladas, por recolha seletiva.

Do total de resíduos recolhidos, um quarto localizou-se em apenas oito concelhos do país (Lisboa, Sintra, Loures, Vila Nova de Gaia, Porto, Cascais, Almada e Matosinhos). Nestes concelhos recolheram-se cerca de 1,3 milhões de toneladas de resíduos, 25.8% do total nacional.

Em 2016, cada português produziu um total de 462 Kg de resíduos, abaixo do valor máximo de 520 Kg/hab registado em 2009. No período em análise, o valor mais baixo foi observado em 2002, com 434 Kg de resíduos recolhidos per capita.

O volume de resíduos urbanos per capita atingiu o valor máximo em três concelhos do Algarve, todos acima de 1000 kg/hab: Albufeira (1339 kg/hab), Vila do Bispo (1249 kg/hab) e Lagoa (1071 kg/hab). A estes valores está naturalmente associado o peso do turismo e consequente acréscimo populacional sazonal.

A recolha selectiva de resíduos urbanos representou, em 2016, 16.3% do total de resíduos recolhidos, o valor mais elevado dos últimos 15 anos.

Um terço (33.5%) do volume de resíduos recolhidos por recolha selectiva foi realizado em 7 concelhos: Lisboa, Cascais, Sintra, Porto, Loures, Loulé e Matosinhos.

Vidigueira foi o concelho que maior proporção de resíduos recolheu de forma selectiva (34.8%), seguido de Cascais (34.5%), Lagoa-Algarve (33.9%), Portimão (33.7%) e Porto Santo (33.3%). Observa-se assim que apenas em cinco concelhos a recolha seletiva representa mais de um terço dos resíduos recolhidos.

Esta análise foi realizada com base em informação do INE, disponível no sistema de geomarketing Sales Index, e na sua aplicação web Municípios Online. Consulte aqui mais informação sobre esta aplicação de geomarketing ou contacte-nos se pretender uma demonstração ou mais informações.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais