Expectativas ainda pessimistas

Grupo Marktest,  11 abril 2006

Os dados do Barómetro Político Marktest/DN/TSF, de Março de 2006 revelam um abrandamento na dinâmica do índice de expectativa, que se manteve praticamente estável entre Fevereiro e Março de 2006.

Através do gráfico abaixo, observa-se que, apesar do valor do índice ter aumentado entre Fevereiro e Março, a subida foi pouco expressiva: de 37.7 em Fevereiro para 38.2 em Março, mantendo-se as expectativas dos portugueses no Pessimismo Moderado (quando o seu valor está entre 25 e 50).

A população feminina continua a ser mais pessimista, comparativamente com a masculina (com um índice de 37.7 para o primeiro grupo e de 41.8 para o segundo).

Analisando o índice por idades, verifica-se que a população mais idosa (com mais de 55 anos), voltou a ser a mais pessimista, com um índice de 34.5, seguida da população entre os 35 e os 54 anos (com 38.3). A população mais jovem, entre os 18 e os 34 anos, mantém-se como a menos pessimista, com um índice de 41.4.

Em termos intenção de voto, a população cuja intenção de voto é PS, mantém a subida do índice de expectativa, que se tem vindo a verificar desde Novembro de 2005, chegando a Março de 2006 com 54 - o valor mais elevado desde Abril de 2005. Já a população cuja intenção de voto é PSD, apesar da subida observada nos meses de Novembro de 2005 e Fevereiro de 2006, em Março volta a descer (embora esta quebra não seja muito significativa), chegando a este último mês com um índice de 39.5.

No que respeita ao índice de expectativa por Região Marktest, é de salientar a subida verificada no Grande Porto, sendo esta a única região do país a apresentar expectativas optimistas face à evolução económica pessoal e do país (51.7).

Nas restantes regiões onde se observaram subidas no índice de expectativa, esta foi menos acentuada, ficando a região do Litoral Centro com 36.3, a Grande Lisboa com 38.5 e o Litoral Norte com 39.8.

Nas regiões Sul e Interior Norte o índice desceu entre Fevereiro e Março, verificando-se que na região Sul o decréscimo foi de 33 para 32 (sendo esta região a que apresentou em Março o índice de expectativa mais baixo. Já no Interior Norte, a diferença entre Fevereiro e Março foi mais acentuada: nesta região o índice de expectativa desceu de 38.5 para 33.8.

O Barómetro Marktest/DN/TSF é realizado regularmente junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos, do qual resulta o Índice de Expectativa. Consulte a Ficha Metodológica deste Barómetro.

Para mais informações sobre este assunto, contacte-nos

Arquivo de notícias

Em Agenda

Ad:tech New York
Neste evento é destinado a profissionais de marketing, publicitários e vendedores, com vista à formação de novas parcerias, debate de técnicas de marketing, tecnologias e as melhores práticas.
Nova Iorque, EUA, 1 e 2 de novembro de 2017,
European Big Data Value
Null
Versailles, França, 21 a 23 de novembro de 2017, Null

mais acontecimentos em Agenda