O “Estado da Nação” chumba no exame dos portugueses
O “Estado da Nação” chumba no exame dos portugueses
placeholder
Segundo o novo índice criado pela Fundação Vox Populi, os portugueses chumbaram o Estado da Nação.
27 julho 2010

placeholder A Fundação Vox Populi apresentou há dias o Índice Vox Populi que mede a forma como os portugueses avaliam o estado da nação. Uma outra forma de ler os números relativos a essa avaliação consiste em calcular a nota média, numa escala de 0 a 20 valores, que os inquiridos atribuem aos vários indicadores que constituem o índice. Poderemos, desta maneira, e depois de calcular a média final, ficar a saber se essa avaliação final será positiva ou negativa, e concluir se o estado do país "passa" ou "reprova" no exame dos seus cidadãos.

No exercício que fizemos, foi como se pedíssemos aos portugueses que atribuíssem uma nota de 0 a 20 valores a cada um dos 14 itens considerados. É como se estivessem a atribuir classificações a diferentes disciplinas de um mesmo programa curricular. Deste grande júri de portugueses, nós eliminámos aqueles elementos que se não se pronunciam (trata-se do "não sabe/não responde" dos inquéritos), e eliminámos também aqueles que se refugiam na nota 10, pois sabemos nós, por experiência, que o facto de atribuir essa nota, revela menos interesse em classificar, ou é uma forma dos entrevistados "esconderem" a verdadeira opinião.

Ao valor médio final obtido por cada item, chamámos nós a "nota expressiva", por ter sido atribuída por aqueles que de forma mais crítica (positiva ou negativa) exprimiram a sua opinião.

Por outro lado, e para dar maior consistência aos resultados, nós incluímos na análise o conjunto das duas vagas (primeiro e segundo trimestre). Trata-se, pois de um resultado médio do primeiro semestre de 2010, com a vantagem de se basear numa amostra alargada e, por causa disso, geradora de uma menor margem de erro amostral.

Os resultados finais obtidos foram estes:

placeholder

Feitas as contas, os resultados são reveladores: nas 14 disciplinas que constituem o "currículo" do estado da nação, os portugueses só atribuem nota positiva a 3 que são: "A imagem de Portugal no Mundo" , "O desempenho dos jornalistas" e a "Qualidade de vida". Ficando" O ambiente", com 9,4 valores, muito próximo da nota positiva.

Não deixam de ser curiosos estes dados: os portugueses acham que a imagem do país lá fora é boa, que não estão mal de qualidade de vida (por enquanto, acrescentamos nós!), e acham que os jornalistas (e a comunicação social) têm um bom desempenho, que é quase o mesmo que dizer que consideram que os mensageiros não são os culpados das más notícias.

Algumas "disciplinas" recebem notas extremamente negativas a denunciar que o desempenho do aluno (Portugal), nestas matérias, é particularmente fraco. São os casos da "Justiça" e da "Corrupção". "A conflitualidade no mundo" - quase lhe chamaríamos disciplina extracurricular, dado que é um assunto externo mas que afecta o nosso ânimo - recebe também uma nota muito má. Finalmente, a nota da "Economia nacional", que surge em penúltimo lugar com 3,1 valores, reflecte a crise que enfrentamos .

Calculada a média final, usando factores de ponderação relacionados com a preocupação atribuída a cada item, Portugal recebe dos seus habitantes uma miserável média final de 7,2 valores.

Que não lhe dá acesso ao ensino superior, e que nos vai obrigar a repetir alguma cadeiras e a ter de trabalhar muito e bem para subir a nota.

A Fundação Vox Populi foi instituída em 2008 pelo Dr. Luis Queirós, Chairman do Grupo Marktest, e esposa, Dra. Paula Queirós. Foi reconhecida pelo despacho 9800/2009, DR 2ª série, de 9 Abril de 2009

Fundação Vox Populi

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais
  • 30º Congresso APDC

    “Reinventing with Technology” é o tema do Congresso da APDC, este ano apresentado forma híbrida. Estão previstos painéis de discussão, entrevistas, oradores e sessões de networking em Lisboa e online.

    12 a 13 de maio de 2021

    APDC - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações

    Lisboa e Online

    congresso@apdc.pt

  • Questionnaire Design Best Practices

    Em resultado da atual pandemida de COVID-19, este evento será realizado online.

    19 de maio de 2021

    ESOMAR