Consumo de energia eléctrica quase triplicou em 20 anos
Consumo de energia eléctrica quase triplicou em 20 anos
placeholder
Segundo os dados da DGGE, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest, o consumo de energia eléctrica no Continente aumentou 2,7 vezes entre 1988 e 2008.
Grupo Marktest
19 outubro 2010
placeholder

Os dados da Direcção Geral de Geologia e Energia disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index 2010 da Marktest contabilizam, em 2008, um consumo de electricidade de 47,5 mil GWh em Portugal Continental.

Do total de consumo verificado no Continente, 7.0% foi realizado no concelho de Lisboa, 2.9% no concelho do Porto e 2.9% no concelho da Maia. Cerca de um quinto (20.5%) deste valor total concentra-se em apenas seis concelhos: para além dos 3 referidos, fazem ainda parte deste grupo os concelhos de Vila Nova de Gaia, Figueira da Foz e Setúbal.

Uma análise do consumo por consumidor revela um ranking diferente, com as posições cimeiras a serem encabeçadas pelos concelhos onde se localizam centrais produtoras, como Sines (94.7 mil Kwh por cliente), Castro Verde (44.6 mil Kwh por cliente), Constância (42.4 mil Kwh por cliente), Vila Velha de Ródão (38.2 mil Kwh por cliente) ou Estarreja (35.7 mil Kwh por cliente).

Considerando os vários fins do consumo, os dados mostram que os usos industriais representam 38.3% deste valor, a iluminação e usos domésticos representa 27.2%, a iluminação e usos não domésticos representa 22.7% e os outros fins 11.7%.

Analisando os dados disponíveis para as últimas duas décadas, vemos que o consumo de energia eléctrica quase triplicou desde 1988, ao passar de 17,6 mil Ghw para os 47,5 mil Gwh agora contabilizados no Continente, um aumento de 170%.

Neste período, o ano de 2008 foi o único em que se assistiu a um decréscimo face ao ano anterior, com um consumo de menos 1.1%, um sinal de abrandamento da economia.

Vila Velha de Ródão, Figueira da Foz, Mangualde, Vila Nova de Cerveira e Palmela foram os concelhos que protagonizaram um maior crescimento do consumo energético nos últimos 20 anos, observando-se em 2008 um valor muito acima do registado em 1988 (entre 7.5 e 34.7 vezes acima do então verificado).

placeholder

Esta análise foi realizada com o sistema de geomarketing Sales Index , cuja filosofia é fornecer aos utilizadores todas as ferramentas necessárias à realização de análises de caracterização regional e do poder de compra do país. Para além das variáveis de caracterização concelhia (recolhidas junto de fontes oficiais), o sistema disponibiliza também um conjunto de índices que permitem não apenas visualizar como as variáveis se relacionam entre si, mas também fazer comparações entre os diversos concelhos do país.

Paralelamente, as suas funcionalidades permitem um vasto leque de aplicações de rentabilização da informação de base e de sustentação de estratégias de desenvolvimento local.

É hoje utilizado sobretudo para análise de redes de venda e distribuição, definição de objectivos de venda regionais, análise do potencial concelhio ou definição de novas localizações, entre muitas outras análises de geomarketing.

Consulte aqui mais informação sobre este sistema ou contacte-nos se pretende uma demonstração ou mais informações sobre o Sales Index .

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • The Art & Science of Inovation

    16 a 18 de junho de 2024

    ESOMAR

    Chicago, EUA

    events@esomar.org

  • 30 anos CNPD

    A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) realiza uma conferência internacional, integrada nas comemoraçãoes do seu 30º aniversário.

    24 de junho de 2024

    Comissão Nacional de Proteção de Dados

    Sala do Senado, Assembleia da República, Lisboa

    geral@cnpd.pt