Portugueses querem manter-se ativos e em forma mas…

Portugueses querem manter-se ativos e em forma mas…

placeholder

Os resultados do estudo TGI da Marktest mostram que o número de portugueses que diz querer manter-se ativo e em forma é bastante superior ao dos que efetivamente fazem atividades para o conseguir.

Grupo Marktest
23 outubro 2018

O estudo TGI da Marktest quantifica, na primeira vaga de 2018, em 5 milhões e 312 mil o número de portugueses que querem manter-se ativos e em forma, um valor que representa 62.1% dos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Este valor corresponde ao número de indivíduos que, relativamente à frase " Aquilo que mais quero é estar ativo(a) e em forma ", indicaram as opções "Concordo Totalmente" ou "Concordo".

Mas, quando a frase “Faço diversas atividades para me manter em forma” lhes é apresentada, o número dos que concordam baixa para 2 milhões e 969 mil ou 34.6% do universo em análise.

Estes resultados apresentam variações pelo perfil dos inquiridos, com as mulheres e os indivíduos entre os 45 e os 64 anos a revelar uma maior diferença entre os seus níveis de acordo da 1ª para a 2ª frase.

Enquanto, por exemplo, 61.8% das mulheres diz querer estar ativa e em forma, apenas 30.4% indica fazer atividades para o conseguir.

Os dados e análises apresentadas fazem parte do estudo TGI, propriedade intelectual da Kantar Media, e do qual a Marktest detém a licença de exploração em Portugal, é um estudo único que num mesmo momento recolhe informação para 17 grandes sectores de mercado, 280 categorias de produtos e serviços e mais de 3000 marcas proporcionando assim um conhecimento aprofundado sobre os portugueses e face aos seus consumos, marcas, hobbies, Lifestyle e consumo de meios.

Presente em mais de 60 países nos 5 Continentes, o TGI poderá ainda caracterizar mercados internacionais com vista ao conhecimento dos consumidores além fronteiras.

Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais