59% da superfície agrícola no Alentejo

59% da superfície agrícola no Alentejo

placeholder

Os dados do Recenseamento Agrícola do INE, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest, evidenciam como a região do Alentejo concentra 59% da superfície agrícola utilizável.

Grupo Marktest
28 dezembro 2012

Segundo os dados do Recenseamento Agrícola realizado em 2009 pelo INE, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest, o país conta com 3,7 milhões de hectares (ha) de superfície agrícola utilizável, repartida por 304 mil explorações agrícolas.

Estes números mostram um decréscimo de 27% no número de explorações agrícolas e de 5% na superfície agrícola utilizável, quando comparados com os do anterior Recenseamento, de 1999.

Em termos regionais, o Norte concentra 36% das explorações agrícolas, mas é o Alentejo que concentra mais área, responsável por 59% da superfície agrícola utilizável.

Évora é o concelho com maior área agrícola, logo seguido de Montemor-o-Novo, 107 mil e 106 mil ha de superfície agrícola, respectivamente.

Um quarto desta superfície localiza-se em 11 concelhos apenas. Para além dos citados, fazem ainda parte desta lista os concelhos de Alcácer do Sal, Beja, Mértola, Serpa, Idanha-a-Nova, Moura, Odemira, Santiago do Cacém e Arraiolos.

A freguesia de Torrão (concelho de Alcácer do Sal) é a que mais superfície agrícola utilizável possui, com 36 mil hectares. É seguida das freguesias de Castro Verde, Salvador (concelho de Serpa), Santa Maria do Castelo (concelho de Alcácer do Sal) e Redondo. Estas cinco freguesias representam 4% da área total do país destinada à agricultura.

O mapa mostra a distribuição da superfície agrícola utilizável pelas freguesias, onde claramente se destacam as do Alentejo.

Os dados desta análise estão disponíveis no Sales Index, o sistema de geomarketing do Grupo Marktest. Contacte-nos se pretende uma demonstração ou mais informações sobre esta aplicação.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais