Portugueses avaliam muito negativamente o estado do país

Portugueses avaliam muito negativamente o estado do país

placeholder

O Índice de avaliação do Estado da Nação, levado a cabo pela Fundação Vox Populi, em parceria com a Marktest pelo quarto ano consecutivo, mostra que os portugueses têm uma imagem muito negativa do estado do seu país.

23 julho 2013

O índice de avaliação do Estado da Nação, realizado pela Fundação Vox Populi em parceria com a Marktest, vai já na sua quarta edição e os resultados deste ano não são positivos: numa escala de 0 a 20, os portugueses atribuem ao Estado da Nação uma nota muita baixa, de 7.1 valores.

Os indicadores mais criticamente avaliados pelos portugueses são a "a corrupção" e a "economia nacional" (2.7 e 2.8, respectivamente), embora a "justiça" e a "conflitualidade internacional" também sejam apreciadas de forma muito negativa (3.4 e 3.5, respectivamente).

Em síntese, poderíamos dizer que Portugal é visto como um país onde impera a crise, grassa a corrupção e falta a justiça.

A avaliação do estado da nação, embora tenha subido um pouco face a 2012, mantém-se muito negativa e piorou na maioria dos indicadores observados.

Tal como se observa na tabela seguinte, nenhum dos 14 eixos medidos melhorou face a 2012, havendo 9 que mantiveram a avaliação anterior (já de si, no geral, muito negativa) e 5 que a pioraram.

A "imagem de Portugal", o "meio ambiente", o "jornalismo" e a "qualidade de vida" são os únicos factores a receber nota positiva, que, no entanto, não excede os 12.4 pontos.

Este estudo é realizado anualmente pela Marktest para a Fundação Vox Populi no âmbito da sua atividade de responsabilidade social.

Metodologia

O Ivp - Índice Vox Populi é um índice de medição da opinião dos portugueses que tem como objetivo medir e divulgar a avaliação da situação atual e expectativa futura da população relativamente ao estado da nação.

O universo deste estudo é constituído por indivíduos de ambos os sexos com idade igual ou superior a 18 anos, residentes em Portugal Continental. A amostra anual do estudo é constituída por 2400 entrevistas representativas da população portuguesa com 18 e mais anos residente em Portugal Continental.

A recolha da informação foi efetuada pela Marktest. Os indivíduos foram questionados sobre 14 temas fulcrais da conjuntura atual, avaliando o estado atual dos temas e a sua expectativa para os mesmos no prazo de um ano.

A Fvp - Fundação Vox Populi

A Fundação Vox Populi é uma organização de interesse público sem fins lucrativos, instituída em 2009 por Luís Queirós, presidente do Grupo Marktest. A Fvp consiste no braço de responsabilidade social do grupo e recebe o seu apoio na recolha de informação.

A Fundação atua no domínio da recolha da opinião pública, dos estudos de opinião e do tratamento estatístico dos dados e pretende auscultar, estudar e compreender o povo português, residente e não residente em Portugal, através do rigor científico e independência dos estudos de opinião.

Para esclarecimentos complementares, contactar a Fundação Vox Populi:
Telef. 217 577 932

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais