Portugueses desejam saúde e retoma económica para 2016

Portugueses desejam saúde e retoma económica para 2016

placeholder

Em sondagem exclusiva realizada pelo Fonebus para a Marktest.com Notícias, os portugueses destacam, como principal desejo pessoal para 2016, a saúde e, para o país, a retoma económica. Confira os resultados.

Grupo Marktest
10 fevereiro 2016

" A nível pessoal ou familiar, quais são os seus principais desejos para 2016?" " E para o país, quais são os seus principais desejos para 2016?" Estas foram as duas questões colocadas pela Marktest em sondagem realizada pelo Fonebus junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos.

Os resultados mostram que a saúde é o grande desejo formulado para a vida pessoal e familiar, uma referência dada por 63.3% dos entrevistados.

O trabalho/emprego foi o segundo desejo mais indicado, por 29.6% dos inquiridos, embora com diferenças entre os géneros (24% entre os homens e 35% entre as mulheres) e as idades (44% junto dos indivíduos dos 25 aos 34 anos).

Para 14% dos entrevistados, o dinheiro/prosperidade é o principal desejo a nível pessoal para este ano, enquanto 12% dos inquiridos referem desejar a paz.

Já no que diz respeito aos desejos para o país, a retoma económica (inclui referências a melhoria da economia, melhoria da situação económica, prosperidade, progresso...) foi o mais indicado, por 29% dos entrevistados. Entre os inquiridos dos 25 aos 34 anos, este desejo teve maior expressão, indicado por 50% deles..

17% dos entrevistados referiu desejar para 2016 mais emprego/trabalho, 12% indicou desejar que as coisas melhorem/que o país melhore, 11% deseja melhorias ao nível do desempenho dos políticos (inclui referências a que sejam mais sérios, mais honestos, que o Governo governe melhor ...) e 10% deseja paz.

Este estudo foi realizado no Fonebus da Marktest, entre os dias 14 e 18 de Janeiro de 2016, de acordo com a seguinte Ficha Técnica. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais