Coelho mais comentado nas redes sociais do que Seguro

Coelho mais comentado nas redes sociais do que Seguro

placeholder

Os dados do Marktest Social Media Explorer, o novo serviço do Grupo Marktest que monitoriza o que se diz nas redes sociais sobre personalidades e marcas portuguesas, mostra como, nos primeiros dias de Setembro, o primeiro-Ministro obteve quase 3 vezes mais menções do que António José Seguro nestes sites.

Grupo Marktest
13 setembro 2011

Entre 1 e 11 de Setembro, o novo serviço Marktest Social Media Explorer recolheu 1590 menções a Pedro Passos Coelho nas redes sociais (Facebook, Twitter e Blogs do Sapo), um número cerca de 2,7 vezes superior ao observado para António José Seguro, líder do PS, referido em 591 posts.

A origem destas menções é maioritariamente o Facebook, site de onde provieram 319 dos posts visando António José Seguro e 698 dos que se referiam a Pedro Passos Coelho. Mas este site foi mais relevante para o actual líder do PS, pois significou 54.0% do total de menções em que foi visado, face aos 43.9% que representou no conjunto de menções a Passos Coelho. Para o actual primeiro-Ministro, o Twitter teve um maior peso relativo, ao representar 22.3% dos posts em que foi mencionado, face aos 13.7% no conjunto das menções a Seguro.

Tendo em conta os primeiros dias de Setembro, as menções a Pedro Passos Coelho começaram por ser mais frequentes no Twitter e nos Blogs do Sapo, para serem ultrapassadas pelo Facebook a partir do dia 6. Este dia foi, aliás, aquele em que maior número de menções ao primeiro-Ministro foi contabilizado nestas redes sociais, num total de 289.

Nesse dia 6 de Setembro, a maior parte das referências a Pedro Passos Coelho, especialmente no Facebook, remetia para três assuntos principais: por um lado, citações alegadamente suas sobre o perigo de "quem se entusiasma com as redes sociais e com aquilo que vê lá fora" e que quer "trazer o tumulto para as ruas de Portugal"; por outro, as críticas de Manuela Ferreira Leite às medidas do Executivo para combate ao défice; finalmente, um post com uma listagem de posts que o próprio Passos Coelho publicou no Twitter antes da queda do anterior Governo, criticando muitas das medidas que o seu Executivo agora acabou por tomar.

Já no caso de António José Seguro, a maior parte das menções ocorreu durante o período em que decorreu o Congresso do PS, no último fim-de-semana, com um máximo de 170 registadas no dia 11. A maioria das menções remetia para o seu discurso de encerramento do Congresso, bem como para o episódio algo caricato em que o líder do PS "interrompeu", em directo para a TVI, uma entrevista a António Costa, tendo este acabado por retirar-se do local.

Uma análise comparativa entre os dois líderes, mostra como Pedro Passos Coelho foi mais referido do que António José Seguro nas redes sociais, excepto nos dias 9, 10 e 11 de Setembro, em que as menções a Seguro ultrapassaram as menções a Coelho.

O Marktest Social Media Explorer é um novo serviço para monitorizar os conteúdos que circulam nas redes sociais relacionados com marcas ou personalidades. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este serviço.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais

  • Portugal Smart Cities Summit

    Esta exposição tecnológica (que tem o apoio institucional do Ministério da Economia, do Ministério do Ambiente e do Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como do Secretário de Estado da Energia), conta com a participação de Municípios, Startups, PMEs e Universidades.

    22 a 24 de setembro de 2020

    Fundação AIP

    FIL, Parque das Nações, Lisboa

    elisabete.martins@ccl.fil.pt

  • ONSeries Lisboa

    Nesta mostra de conteúdos televisivos de ficção nacional, estarão presentes potenciais compradores de todo o mundo.

    28 e 29 de setembro de 2020

    Inside Content

    Centro Cultural de Belém, Lisboa