Portugueses obtêm informação sobre seguros junto do mediador

Portugueses obtêm informação sobre seguros junto do mediador

placeholder

Segundo os resultados do estudo Basef Seguros da Marktest, a maioria dos indivíduos que possuem pelo menos um seguro recorrem ao mediador para obter informações sobre seguros.

Grupo Marktest
28 dezembro 2011

Os resultados do quadrimestre móvel de Outubro de 2011 do Basef Seguros indicam que 2 799 mil portugueses com 15 e mais anos recorre a um mediador de seguros para obter informações sobre estes produtos financeiros. Este é o canal mais utilizado, a quem recorrem 43.0% dos possuidores de seguros.

A deslocação à companhia de seguros é a segunda forma mais referida para obter informações sobre seguros, com 29.9% das respostas. Os amigos e familiares surgem na terceira posição, referidos por 26.1% dos possuidores de seguros. Na quarta posição está a Internet (22.1%) e em quinta, o telefonar para a companhia de seguros (20.1%).

Meios de comunicação social (14.5%), mailings fornecidos pela companhia de seguros (13.5%) e informação obtida no banco (11.8%) são os outros canais utilizados para obter informação sobre seguros.

A Internet como meio de obtenção de informação tem ganhado relevância nos últimos seis anos, passando de penúltimo meio para quarto, com uma penetração que quase duplicou desde 2005.

Neste período, cresceram todos os meios de contacto à excepção do deslocar-se à companhia e dos meios de comunicação social, hoje menos utilizados que em 2005 para obter informação sobre estes produtos.

Esta análise foi realizada com base nos resultados de Junho de 2011 do estudo Basef Seguros da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais