Menos portugueses com seguro de acidentes de trabalho

Menos portugueses com seguro de acidentes de trabalho

placeholder

Os resultados do ano 2013 do estudo Basef Seguros da Marktest revelam que o número de possuidores de seguro de acidentes de trabalho regrediu face ao ano transacto.

Grupo Marktest
7 janeiro 2014

No acumulado de 2013, o estudo Basef Seguros da Marktest contabiliza 2 049 mil possuidores ou beneficiários de seguro de acidentes de trabalho, um valor que corresponde a 23.9% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Apesar de este ser um dos seguros de maior penetração em Portugal, obrigatório para os trabalhadores por conta de outrem, registou no entanto uma baixa relativamente ao observado no ano anterior, quando atingiu 25.7% de penetração.

Desde 2009 que, com pequenas oscilações, este seguro tem revelado uma tendência geral para o decréscimo.

Em sentido inverso, a posse de PPR aumentou este ano para os valores mais elevados desde que observamos estes dados. Possuído por 1 257 mil portugueses, tem uma penetração de 14.7%, subindo face aos 12.6% registados em 2012.

O Plano Poupança Reforma foi assim o seguro que registou maior crescimento anual entre os seguros analisados no Basef.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do ano de 2013 do estudo Basef Seguros da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais