Instant Messaging quase triplicou em 5 anos

Instant Messaging quase triplicou em 5 anos

O número de portugueses que refere usar o serviço de Instant Messaging quase triplicou nos últimos cinco anos.

Grupo Marktest
13 março 2018

Uma análise dos dados do estudo Bareme Internet da Marktest mostra como o número de portugueses que refere usar o serviço de Instant Messaging cresceu nos últimos anos, sendo hoje quase 3 vezes superior ao registado em 2013.

Em 2017, 4 milhões e 666 mil residentes no Continente com 15 e mais anos afirmaram usar o serviço de Instant Messaging, um número que representa 54.5% do universo em análise.

Este número tem crescido sistematicamente desde 2013, quando cerca de um em cada cinco portugueses referia utilizar este serviço de comunicação.

O Instant Messaging atinge uma penetração muito superior à média junto dos jovens: 96% dos jovens dos 15 aos 24 anos e 88.9% dos jovens dos 25 aos 34 anos referem usá-lo.

Também entre as classes sociais, os valores baixam de 86.5% junto da classe alta para 19.1% junto da classe baixa.

A análise realizada teve como base os resultados de 2017 do estudo Bareme Internet da Marktest. Este estudo analisa o universo constituído pelos residentes no Continente com 15 e mais anos. Contacte-nos se deseja mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais