Angolanos concordam com medidas do seu Governo face à pandemia

Angolanos concordam com medidas do seu Governo face à pandemia

placeholder

Inquiridos pela Marktest Angola, os residentes em 4 províncias de Angola mostram-se de acordo com as últimas medidas tomadas pelo seu Governo para combater a pandemia de COVID-19.

Grupo Marktest
25 agosto 2020

A Marktest Angola fez recentemente uma nova sondagem para acompanhar o sentimento dos angolanos face à evolução da pandemia, desta vez em quatro províncias, que representam 53% do território: Benguela, Luanda, Huambo e Huíla.

As medidas que entraram em vigor em Angola no dia 9 de agosto têm o apoio de 71% dos entrevistados nesta sondagem, percentagem dos que referiram concordar ou concordar totalmente com elas.

As províncias que manifestaram maior concordância com as medidas tomadas foram o Huambo e Huíla (ambas com cerca de 76% - concorda totalmente + concorda).

Esta opinião é explicada essencialmente por questões preventivas (56%), por questões de saúde (44%) e para evitar a proliferação e ser melhor para a população (39%).

Já entre quem diz não concordar com as medidas tomadas recentemente pelo Governo angolano, a maioria indica problemas financeiros, o facto de as medidas não serem eficazes ou as dificuldades para justificar esta opinião.

Ficha técnica:
Universo - População residente na província de Luanda, Benguela, Huambo e Huíla com 15 ou mais anos (9 067 000-Fonte INE – Projecção da população Nacional e das Províncias 2020.).
Amostra- Previstas 700 entrevistas e realizadas 749 entrevistas
Processo de amostragem- Fez-se com recurso às nossa bases de contactos telefónicos e a amostra foi estratificada por província e com quotas de sexo, idade e estrato socio económico.
Metodologia- Questionário semi-estruturado com 8 questões, através de CATI (Computer Assisted Telephonic Interview)
Tratamento da informação- Os resultados do estudo foram ponderados e extrapolados para o universo em estudo.
Recolha de informação- Entre os dia 12 e 18 de Agosto de 2020.
Esta investigação não entrevistou cerca de 13% da população na província de Luanda, 14% na província de Benguela, 16% na província do Huambo e 17% na província da Huíla pelo facto de não terem telemóvel (Fonte Marktest)
A análise destes resultados é da exclusiva responsabilidade da Marktest Angola.

Acompanhe os detalhes desta sondagem no nosso site covid19.marktest.pt e contacte-nos para mais informações.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais

  • Asia Pacific 2020 - Insights Festival

    Evento ESOMAR, em parceira com o MRSI (Market Research Society India), com o tema D.R.I.V.E - DATA, Research, Insights, Vision e Excellence. Em resultado da atual pandemida de COVID-19, este evento terá apenas transmissão online.

    2 e 3 de novembro de 2020

    ESOMAR

    events@esomar.org

  • Sustainability Summit 2020

    Em resultado da atual pandemida de COVID-19, esta será uma conferência inteiramente virtual.

    5 de novembro de 2020

    MRS - The Market Research Society

    info@mrs.org.uk