Longueira/Almograve foi a freguesia que mais cresceu nos últimos 10 anos
Longueira/Almograve foi a freguesia que mais cresceu nos últimos 10 anos
placeholder
Os primeiros resultados dos Censos 2021, conduzidos pelo INE, colocam a freguesia de Longueira/Almograve, no concelho de Odemira, como a que, em termos relativos, mais população captou nos últimos 10 anos, especialmente população do sexo masculino, que duplicou face a 2011.
Grupo Marktest
17 agosto 2021

Os dados preliminares dos Censos 2021, conduzidos pelo INE, revelam que em 2021 residem em Portugal 10 347 892 indivíduos, o que corresponde a uma descida de 2.0% face a 2011.

Algueirão-Mem Martins mantém-se a freguesia mais populosa, com quase 69 mil habitantes, mais 3.6% do que há 10 anos.

A União de Freguesias Cascais e Estoril também mantém a segunda posição, com 64 mil residentes, mais 4% do que em 2011.

Na terceira posição, permanece a freguesia de Odivelas, com cerca de 60 mil habitantes, mais 0.2% do que nos últimos Censos.

No extremo oposto, a freguesia de Mosteiro (concelho de Lajes das Flores, nos Açores) é a freguesia menos populosa do país, com apenas 19 habitantes, menos 24 do que há 10 anos. Outras duas freguesias do mesmo concelho ocupam os lugares seguintes: Fajãzinha (71 habitantes) e Lajedo (75 habitantes).

A freguesia de Caveira (concelho de Santa Cruz das Flores, nos Açores) conta 76 residentes e a U.F. Paradela e Granjinha (concelho de Tabuaço) tem 99, completando a lista de freguesias com menos de 100 habitantes.

Em termos relativos, a freguesia de Longueira/Almograve (concelho de Odemira) foi a que mais população captou neste período, crescendo 72.4% face ao anterior Recenseamento para 2338 habitantes.

A freguesia de Venteira (concelho de Amadora) foi a segunda que mais cresceu entre Censos. Com 26 228 residentes, aumentou 41.5% face a 2011.

Na terceira posição está Rapoula do Côa (concelho de Sabugal), que aumentou 37.4% para 268 habitantes.

Além do maior crescimento relativo entre Censos, Longueira/Almograve registou também uma clara inversão da relação de masculinidade, pois o número de habitantes do sexo masculino mais do que duplicou naquele período. Se, em 2011, a proporção de homens e mulheres era quase idêntica, neste momento existem mais 76% de homens do que de mulheres, o que coloca a freguesia na 2ª posição das que têm maior proporção de população masculina.

No topo da lista de freguesias com um maior peso de população masculina está Carvalhal (Grândola), onde o número de homens é mais do dobro do número de mulheres. Alcoentre completa o top 3, com mais 68% de homens do que de mulheres.

No total das 3092 freguesias do país, 2740 têm mais mulheres do que homens, 331 têm mais homens do que mulheres e 21 têm o mesmo número de homens e mulheres.

O INE salienta que os resultados definitivos dos Censos 2021 só deverão ser conhecidos no quarto trimestre de 2022, estando prevista uma sessão intermédia de apresentação de mais resultados provisórios em fevereiro de 2022.

Estes dados estarão em breve disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais