Barrancos manterá a maior participação eleitoral e Albufeira a menor?
Barrancos manterá a maior participação eleitoral e Albufeira a menor?
placeholder
A Marktest analisou os resultados de todas as autárquicas. Nas últimas eleições, Barrancos foi o concelho com maior participação eleitoral e Albufeira o que teve menor participação. O que irá suceder no próximo domingo?
Grupo Marktest
21 setembro 2021

placeholder A análise 45 anos de Eleições Autárquicas em Portugal, que a Marktest realizou recentemente, permite conhecer a geometria e a geografia das autárquicas, assim como as tendências de comportamento eleitoral de cada município do país.

Entre 1976 e 2017, a taxa de participação eleitoral nas autárquicas baixou 15%, passando de 64.6% em 1976 para 55.0% em 2017. Esta quebra foi mais acentuada nos distritos de Setúbal, Lisboa e Faro, ao contrário dos distritos de Bragança, Castelo Branco, Guarda e das Regiões Autónomas, únicas regiões onde a taxa de participação aumentou em 2017 face a 1976.

Consequentemente, a taxa de abstenção aumentou, de 35.4% para 45.0% no período em análise.

O ano de 1979 foi o ano de maior participação eleitoral. Nesse ano, 73.8% dos eleitores inscritos participaram nas eleições para a Câmara Municipal. Pelo contrário, 2013 e 2017 foram os anos com menor percentagem de participação nas autárquicas (respetivamente, 52.6 e 55.0%).

Em termos concelhios, Avis (distrito de Portalegre) foi o que registou a maior taxa de participação entre 1976 e 1985. Em 1989, 1997 e em 2001 foi o Corvo (R. A. dos Açores) a registar a maior taxa de participação nestas eleições. Em 1993 a liderança coube ao Porto Santo (R. A. Madeira). Ourique (distrito de Beja) e Lajes das Flores (R. A. dos Açores) foram os concelhos que protagonizaram a maior taxa de participação em 2009 e 2013. Já o concelho de Barrancos (distrito de Beja) teve o melhor registo em 2005 e 2017. Os valores máximos do período foram observados em 1979 em Avis, com 92.6%.

Já a menor taxa de participação eleitoral foi registada em Constância em 1976 (36.8%). Mogadouro, Pombal, Lagoa, Ponta Delgada, Seixal, Cascais, Sesimbra e Albufeira estão também entre os concelhos com menor participação nas autárquicas nos 12 atos eleitorais ocorridos nos últimos 45 anos.

placeholder

Esta análise foi realiazda com base na informação disponível na publicação 45 anos de Eleições Autárquicas em Portugal, que a Marktest realizou recentemente e que pode ser adquirida no nosso site. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais