COVID-19: um milhão de recuperados em Portugal
COVID-19: um milhão de recuperados em Portugal
placeholder
Na semana em que se ultrapassou o milhão de recuperados de COVID-19 em Portugal, os dados da Direção Geral da Saúde mostram que a taxa de incidência da doença continua a baixar na generalidade dos concelhos do país.
Grupo Marktest
21 setembro 2021

Segundo os Relatórios de Situação COVID-19 da Direção Geral da Saúde, até 18 de setembro de 2021, foram registados em Portugal um total de um milhão e 62 048 casos confirmados da doença. Destes, 1 010 168 (ou seja, 95.1%), já recuperou, havendo um total de 17 907 óbitos, o que equivale a 1.7% do total de infetados. Os casos ativos são agora 33 973.

No dia 18 de setembro, existiam 455 internados nos hospitais do SNS, dos quais 86 em Unidades de Cuidados Intensivos. O número de internados corresponde a 1.3% do número de casos ativos e os que necessitam UCI representam 18.9% daqueles.

Considerando o período de 2 a 15 de setembro de 2021, 263 dos 308 concelhos do país encontram-se no grupo de risco mais baixo (menos de 240 novos casos por 100 mil habitantes), 37 estão no grupo de risco elevado (entre 240 e 480 novos casos por 100 mil habitantes) e 8 estão no grupo de risco muito elevado (entre 480 e 960 casos por 100 mil habitantes), não havendo no momento nenhum concelho no nível máximo de risco (acima de 960 casos por 100 mil habitantes).

Relativamente à situação verificada uma semana antes, a grande maioria dos concelhos (232) registou uma diminuição da taxa de incidência desta doença. Em 52 concelhos observou-se um aumento da incidência e 24 concelhos mantiveram inalterada essa taxa. Em 20 concelhos não se reportou nenhum novo caso no último período em análise.

O concelho do Corvo, que se manteve por 27 semanas o único concelho do país a não reportar novos casos (desde 3 a 16 de fevereiro), registou uma taxa de incidência de 213 novos casos por 100 mil habitantes entre 19 de agosto e 8 de setembro, regressando na última semana ao número nulo de novos casos. Santa Cruz das Flores é agora o concelho com mais tempo de inatividade da doença, pois não reporta novos casos desde 29 de abril.

Esta análise foi realizada com base na informação divulgada pela Direção Geral da Saúde. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais