Lisboetas e portuenses mais “cautelosos” com gastos em férias

Em sondagem exclusiva realizada pela Marktest para a Marktest.com, os lisboetas e portuenses que já gozaram férias este ano afirmaram maioritariamente ter gasto menos ou o mesmo dinheiro em férias do que o ano passado. Quem ainda planeia férias para este ano, também não tem dúvidas: vai gastar menos dinheiro do que no ano anterior.

Os efeitos da tão anunciada crise parecem ter tido já reflexos ao nível dos orçamentos familiares para férias. Os inquiridos nas mais densas áreas populacionais do país que já usufruiram férias este ano afirmaram, em sondagem da Marktest, ter tido gastos iguais ou inferiores aos do ano transacto durante as suas férias (59.9%). Houve ainda 35.5% deles que reconheceu ter gasto mais dinheiro e 4.5% que não respondeu à questão.

Junto dos que ainda tencionam ter férias este ano, 46.2% afirma ir gastar menos dinheiro do que no ano transacto, 38.5% o mesmo dinheiro e 15.4% afirma tencionar gastar mais dinheiro este ano – estes valores são apenas indicativos, já que a base de resposta a esta questão é reduzida.



A sondagem foi realizada pela Marktest no dia 17 de Outubro de 2002. Consulte a ficha metodológica.





Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais