Crise dos combustíveis mais tempo nas notícias da SIC
As sucessivas alterações dos preços do petróleo mantêm o tema dos combustíveis na ordem do dia e na agenda dos noticiários de Tv. De acordo com o serviço Telenews da MediaMonitor, a SIC foi o canal que, em Setembro, mais espaço lhe deu nos seus noticiários regulares.
Grupo Marktest,  25 setembro 2008

placeholder Entre 1 e 21 de Setembro de 2008, foram 201 as peças noticiosas da RTP1, RTP2, SIC e TVI que tiveram os combustíveis como tema, ocupando um total de 4 horas e 22 minutos dos serviços regulares de informação destes canais. Nesta análise excluem-se portanto eventuais programas, entrevistas ou debates específicos sobre o tema.

Estes números significam que o tema dos combustíveis representou 3.7% das notícias emitidas por estes canais nessas três semanas e 2.9% da sua duração.

A SIC foi, no período em análise, o canal que veiculou mais notícias sobre este assunto e o que lhe deu maior espaço no alinhamento dos seus jornais, mas foi na RTP2 que este tema teve maior relevância. Na TVI, estas matérias foram tratadas de forma mais longa, com peças de maior duração média. Foi também neste canal que as notícias sobre a crise dos combustíveis tiveram mais audiência.

A SIC veiculou 73 notícias sobre este tema, tendo-lhe dado 1 horas e 46 minutos de espaço nos seus noticiários regulares. A RTP1 passou 59 notícias sobre combustíveis, que tiveram 1 hora e 4 minutos de duração. Na TVI passaram 38 peças sobre combustíveis, com duração de 1 hora e 1 minuto. Finalmente, na RTP2 passaram 31 peças sobre o tema, tendo tido uma duração de 30 minutos.

placeholder

As notícias sobre combustíveis tiveram uma duração média de 1 minuto e 18 segundos. Na TVI foram mais longas, com 1 minuto e 36 segundos de duração média, contrariamente ao observado na RTP2, que apresentou notícias mais curtas, de 59 segundos.

placeholder

O tema dos combustíveis foi, em número de notícias, mais relevante para a RTP2, pois representou 5.8% das notícias que o canal passou no período e 3.6% da duração informativa do canal. Quanto a duração, este tema teve mais importância na SIC, pois representou 4.2% da informação do canal no período em análise.

placeholder

Em audiência média das notícias relacionadas com a crise dos combustíveis, os valores oscilaram entre os 1.8% da RTP2 e os 9.2% da TVI.

placeholder

NOTA: As audiências expressas nesta análise referem-se apenas à audiência média obtida pelas peças jornalísticas incluídas nos programas de informação em análise. Não inclui genéricos de abertura ou fecho e é feita com base em todas as peças noticiosas independentemente da diferente duração dos noticiários.

Esta análise considera apenas os serviços regulares de informação dos canais em análise no período compreendido 1 e 15 de Junho de 2008, segundo a seguinte Nota Metodológica. Em análise, estão os seguintes programas: Jornal da Tarde, TeleJornal, Portugal em Directo e As Escolhas de Marcelo (RTP1); Jornal 2 (RTP2); Primeiro Jornal e Jornal da Noite (SIC); Jornal Nacional e Jornal da Uma (TVI). Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais