A geografia das legislativas de 2011

A geografia das legislativas de 2011

placeholder

Os resultados eleitorais para a Assembleia da República mostram em 2011 um novo mapa político do país. Confira os números.

Grupo Marktest
7 junho 2011

Segundo os resultados divulgados pela Direcção Geral da Administração Interna, o PSD foi o partido mais votado nas eleições de 5 de Junho de 2011, ao obter 38.63% dos votos. O PS obteve 28.05%, o CDS-PP 11.74%, a CDU 7.94%, o BE 5.19% e os outros partidos e votos brancos e nulos 8.45%.

Numas eleições em que estavam inscritos 9 429 024 eleitores, compareceram nas urnas 5 554 002 votantes, o que representou uma taxa de participação eleitoral de 58.9%. Esta taxa foi mais elevada na freguesia de Isna, no concelho de Oleiros (distrito de Castelo Branco), onde 90.17% dos 234 inscritos foram votar. Pelo contrário, na freguesia de Rabo de Peixe, concelho de Ribeira Grande (região autónoma dos Açores), foi onde se registou a maior taxa de abstenção, pois apenas 21.14% dos 6482 inscritos nesta freguesia foram votar.

Uma análise por freguesia mostra que o PSD foi maioritário em 3524 das 4262 freguesias do país, tendo o PS sido o mais votado em 907 freguesias, o PCP-PEV em 93 freguesias, o CDS-PP em 5 e o Bloco de Esquerda em uma.

Os mapas seguintes mostram a cor do partido que obteve maior percentagem de votos nos concelhos do país nas duas últimas eleições legislativas.

Quando comparado com a situação observada nas anteriores eleições, de Setembro de 2009, vemos que o mapa está mais "laranja", pois o PSD foi agora o partido mais votado em 247 dos 308 concelhos do país, face aos 107 concelhos das eleições anteriores. O PS, que em 2009 havia sido o mais votado em 191 concelhos, ganhou agora em 52, havendo um concelho onde o número de votos entre PS e PSD foi o mesmo. Já a coligação PCP-PEV foi mais votada em 2011 em 10 concelhos, face aos 9 onde tal também havia ocorrido em 2009.

Nos mapas seguintes representam-se os resultados obtidos pelos principais partidos nas últimas eleições. A sua análise permite concluir que a vitória do PSD foi observada em grande parte do território, com o Alentejo a permanecer fiel ao voto no PCP-PEV.

Uma análise dos dados disponíveis por freguesia permite ainda conhecer algumas curiosidades destas eleições. Assim:

  • O BE obteve o melhor resultado na freguesia de São Bento de Ana Loura (concelho de Estremoz), com 33.3% dos 12 votos
  • O CDS-PP registou o máximo de votação na freguesia de Boalhosa (concelho de Ponte de Lima), com 62.3% dos 114 votos
  • O PCP-PEV registou um máximo de 71.4% dos 21 votos contados na freguesia de Maranhão (concelho de Avis)
  • O PS obteve melhor votação na freguesia de Sarzedo (concelho de Covilhã), com 70.1% dos 107 votos aqui contabilizados
  • O PSD obteve melhor votação na freguesia de Curros (concelho de Boticas), com 94.8% dos 58 votos aqui contabilizados
  • Entre os partidos com menor expressão, os melhores resultados foram obtidos pelo PPM na freguesia de Corvo (concelho de Corvo, região autónoma dos Açores), onde o partido obteve 19.0% dos 195 votos aí contabilizados <

Os resultados destas eleições estarão em breve disponíveis ao nível da freguesia no sistema de informação Sales Index da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais