Seguro automóvel: uma questão de género

Seguro automóvel: uma questão de género

placeholder

Entre os vários seguros analisados no estudo Basef Seguros, o seguro automóvel é dos que apresenta maior diferenciação entre os géneros.

Grupo Marktest
30 abril 2013

O Basef Seguros contabiliza, em 2012, 5 825 mil possuidores ou beneficiários de seguro automóvel, um valor que corresponde a 70.1% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Entre 2000 e 2012 a posse deste seguro aumentou 26.5%, passando de 55.4% para 70.1%.

Ao observar a posse deste seguro pela população, vemos que a ocupação é a variável que maior influência tem, pois é entre as várias ocupações que se registam maiores diferenças de comportamento. O sexo e a idade também influenciam bastante esta variável, seguidas da classe social. Ao contrário, as taxas de posse deste seguro por regiões não registam diferenças significativas.

Entre os vários tipos de seguros em análise no Basef Seguros, o seguro automóvel é, depois do seguro de acidentes de trabalho, o que apresenta maior diferenciação entre os géneros, com os homens a destacarem-se face às mulheres. Entre eles, 80.5% possui este seguro, uma percentagem que baixa para 60.6% entre elas.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do ano 2012 do estudo Basef Seguros da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais