Portugal mais envelhecido

Portugal mais envelhecido

placeholder

Não é novidade: a estrutura demográfica do país envelheceu, mas essa não foi a única alteração ocorrida em Portugal nos últimos 20 anos, segundo revela a nova análise que o Grupo Marktest realizou para todos os concelhos do país.

Grupo Marktest
16 julho 2013

A análise Os Concelhos Portugueses 1992-2012, que o Grupo Marktest acaba de tornar disponível, permite conhecer como evoluíram os concelhos portugueses nos últimos 20 anos. Em termos demográficos, um movimento que se vem observando há algumas décadas intensificou-se na última: o envelhecimento da população.

Tendo em conta os dados dos Censos do INE, cujos principais resultados estão disponíveis por concelho no sistema de geomarketing Sales index da Marktest, podemos fazer um retrato da evolução da situação demográfica do país.

Nos últimos 20 anos, a população portuguesa cresceu 7%, a um ritmo médio de 0.34% ao ano, passando de 9 867 147 indivíduos em 1991 para 10 562 178 em 2011. Albufeira, cuja população aumentou 95% neste período, foi o concelho que mais cresceu, enquanto em Carrazeda de Ansiães, Alcoutim e Montalegre se observou um maior decréscimo populacional.

Entre os dois últimos Censos, 2001 e 2011, a taxa de natalidade caiu 16% e a taxa de mortalidade baixou 4%. Entre 1993 e 2011, a taxa de mortalidade infantil regrediu para menos de metade (baixando 64%), no que é considerado um dos grandes progressos civilizacionais do país.

A estrutura familiar modificou-se radicalmente nas últimas décadas, com a nupcialidade a baixar 52% em 20 anos e os divórcios a subirem 40% em 10 anos.

Outra das grandes alterações demográficas por que passou o país prendeu-se com o envelhecimento. Em 20 anos, o peso dos jovens baixou 26% enquanto o peso dos idosos subiu 40%. Hoje, cada 100 indivíduos em idade activa "suportam" 51 jovens ou idosos, o valor mais elevado de sempre.

Esta situação é sobretudo relevante no interior do país, onde este índice supera mesmo os 100 em concelhos como Idanha-a-Nova, Penamacor, Vila de Rei, Vila Velha de Ródão e Alcoutim. Aqui, o número de jovens e idosos é superior ao dos indivíduos activos, configurando uma situação que poderíamos considerar de défice demográfico.

Pelo contrário, as regiões autónomas da Madeira e dos Açores, assim como o litoral norte do Continente permanecem as regiões mais rejuvenescidas do país.

Estes são alguns dos insights fornecidos pela análise Os Concelhos Portugueses 1992-2012, que o Grupo Marktest lançou recentemente. Para além da demografia, temas como ambiente, saúde, cultura, lazer, actividade económica, índices de desenvolvimento, resultados eleitorais, entre outros, são também analisados nesta edição.

Para obter mais detalhes sobre esta análise, veja o documento de apresentação ou contacte-nos pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais