Um quarto do VAB no concelho de Lisboa

Um quarto do VAB no concelho de Lisboa

placeholder

Em 2013, o Valor Acrescentado Bruto produzido em Portugal foi de cerca de 73 mil milhões de euros.

Grupo Marktest
11 agosto 2015

Segundo os dados do INE, disponíveis na aplicação web da Marktest, Municípios Online, o Valor Acrescentado Bruto (VAB) de 2013, em Portugal, foi de 72 922 milhões de euros.

Deste montante, 41% foi realizado em apenas 5 concelhos (Lisboa, Oeiras, Porto, Sintra e Matosinhos). Só o concelho de Lisboa foi responsável em 2003 por 25% do VAB nacional.

Observando os dados no mapa abaixo, verifica-se a concentração dos valores mais elevados do VAB nos concelhos do litoral, sobretudo nos concelhos da Grande Lisboa (Lisboa em 1º, Oeiras em 2º, Sintra em 4º, Cascais em 6º e Loures em 9º), do Grande Porto (com o Porto em 3º, Matosinhos em 5º, Gaia em 7º e Maia com o 8º VAB mais elevado) e Litoral Norte (com Famalicão com o 10º VAB mais elevado do país).

Se em termos de VAB total, é o concelho de Lisboa que se destaca, quando se analisa o valor do VAB médio por empresa, este concelho já é terceiro, deixando a primeira posição para Castro Verde, (onde estão localizadas as minas de Neves Corvo.

O gráfico seguinte mostra o posicionamento dos concelhos do Continente face a 3 variáveis: o VAB médio por empresa (eixo horizontal), o índice de poder de compra (eixo vertical) e a população residente (dimensão dos círculos). As cores dos círculos representam as regiões Marktest a que pertencem os concelhos. Clicando na legenda podem retirar-se ou adicionar-se regiões e passando o mouse pelos círculos pode ler-se o nome do concelho e os respetivos valores.

A informação desta análise assim como os gráficos apresentados constam na nova aplicação web que a Marktest está a lançar. Consulte aqui mais informação sobre esta aplicação, Municípios Online, e sobre os ratings concelhios que disponibiliza ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais