Apenas 15 concelhos registam mais nascimentos que óbitos em 2020
Apenas 15 concelhos registam mais nascimentos que óbitos em 2020
placeholder
Assinalou-se a 11 de julho o Dia Mundial da População e os dados do INE não trazem boas notícias: apenas 15 concelhos registaram um maior número de nascimentos do que de óbitos em 2020.
Grupo Marktest
13 julho 2021

Assinalou-se no dia 11 de julho o Dia Mundial da População, um motivo para analisarmos a dinâmica demográfica do país.

Os resultados das estimativas da população do INE, disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest e na sua aplicação web Municípios Online revelam que, em 2020, residiam no país um total de 10 298 252 indivíduos, 53% dos quais mulheres.

Lisboa, com 509 614 habitantes, é o concelho mais populoso do país, a que se seguem Sintra, Vila Nova de Gaia, Porto e Loures. No total, residem nestes cinco concelhos mais de 1,6 milhões de indivíduos.

No mesmo ano, nasceram um total de 84 mil bebés e morreram mais de 123 mil indivíduos, observando-se assim um saldo natural negativo de cerca de 39 mil indivíduos.

Esta situação deficitária é comum à quase totalidade dos concelhos do país. No conjunto dos 308 concelhos, apenas 15 registam um maior número de nascimentos do que de óbitos.

Os gráficos seguintes estão disponíveis na aplicação web Municípios Online da Marktest:

Clique neste gráfico para visualizar a taxa bruta de natalidade dos vários concelhos e na legenda para remover/adicionar concelhos de cada uma das regiões.

Clique neste gráfico para visualizar a taxa bruta de mortalidade dos vários concelhos e na legenda para remover/adicionar concelhos de cada uma das regiões.

Em termos absolutos, foi no concelho de Sintra que se registou uma maior diferença positiva, com o número de nascimentos a superar em 698 o número de óbitos. Foi seguido dos concelhos de Odivelas, Albufeira, Braga e Amadora.

Pelo contrário, no concelho de Lisboa registou-se a maior diferença negativa, com o número de óbitos a superar em 1651 o número de nascimentos. O Porto também registou um défice superior a um milhar (-1317), a que se seguiram os concelhos de Vila Nova de Gaia, Almada e Coimbra.

Em termos relativos (em relação à população de cada concelho), o saldo natural positivo foi mais elevado nos concelhos de Albufeira, Ribeira Grande, Câmara de Lobos, Lagoa (Região Autónoma dos Açores) e Sintra, contrariamente aos concelhos de Alcoutim, Idanha-a-Nova, Arronches, Gavião e Mora, onde este saldo foi proporcionalmente mais baixo (e negativo).

Estes indicadores estarão em breve disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Esta notícia foi corrigida no dia 14 de julho de 2021.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais