Participação nas autárquicas: longe dos idos de ‘79
Participação nas autárquicas: longe dos idos de ‘79
placeholder
A nova análise da Marktest sobre os resultados de todas as eleições autárquicas realizadas em Portugal desde o 25 de Abril de 1974 mostra como a participação eleitoral de 1979 foi mais elevada, longe dos valores das últimas autárquicas.
Grupo Marktest
24 agosto 2021

placeholder De acordo com a análise 45 anos de Eleições Autárquicas em Portugal, que a Marktest está a lançar, a participação eleitoral nas autárquicas entre 1976 e 2017 foi, em termos médios, de 62.1%, colocando a abstenção nos 37.9%.

O ano de 1979 foi o ano de maior participação eleitoral, com 73.8%, ao contrário de 2013 e 2017, que registaram a menor percentagem de participação eleitoral (respetivamente, 52.6% e 55.0%).

O concelho do Corvo (R.A. Açores) é o que apresenta a taxa de participação eleitoral média mais elevada, 80.3%, seguido de três concelhos do distrito de Portalegre: Avis, Fronteira e Sousel, com 79.5%, 78.3% e 78.2%, respetivamente.

No período em análise, a maior taxa de participação foi observada em 1979 em Avis, com 92.6% e a menor taxa em Constância em 1976 (36.8%).

Nas últimas autárquicas (2017), os eleitores de Barrancos registaram a maior taxa de participação (80.9%), enquanto os de Albufeira foram os que menos participaram (39.3%).

Esta publicação pode ser adquirida no nosso site. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • The Art & Science of Inovation

    16 a 18 de junho de 2024

    ESOMAR

    Chicago, EUA

    events@esomar.org

  • 30 anos CNPD

    A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) realiza uma conferência internacional, integrada nas comemoraçãoes do seu 30º aniversário.

    24 de junho de 2024

    Comissão Nacional de Proteção de Dados

    Sala do Senado, Assembleia da República, Lisboa

    geral@cnpd.pt