Aumenta consumo de rádio em casa
Aumenta consumo de rádio em casa
placeholder
Os dados do estudo Bareme Rádio da Marktest revelam que a relevância da casa como local de escuta de rádio aumentou para os portugueses.
Grupo Marktest
28 setembro 2021

placeholderDe acordo com os dados relativos ao primeiro semestre de 2021 do estudo Bareme Rádio da Marktest, a audiência acumulada de véspera do meio foi de 58.4%, percentagem de portugueses que ouviu rádio na véspera - num total de 4 milhões e 999 mil indivíduos.

O carro permanece como principal local de escuta de rádio, com 35.0% de audiência acumulada de véspera no semestre. Mas a casa tem ganhado, nos últimos dois anos, maior relevância. No primeiro semestre de 2021, registou 24.7% de audiência média, o valor homólogo mais elevado da série analisada e que corresponde a um total de 2 milhões e 114 mil ouvintes.

Em época de pandemia e teletrabalho, o carro foi o local de escuta de rádio que maior quebra registou no primeiro semestre de 2020, recuperando um pouco no período homólogo do ano seguinte, uma tendência que também se observou no local de trabalho. Já a casa como local de escuta de rádio foi o que mais aumentou de relevância no período em análise.

A análise tem como base os resultados do primeiro semestre de 2021 do estudo Bareme Rádio da Marktest, que analisa o comportamento dos residentes no Continente, com 15 e mais anos, relativamente ao meio rádio.

Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais