Lisboa e Porto perdem índice de poder de compra
Lisboa e Porto perdem índice de poder de compra
placeholder
Os concelhos de Lisboa e do Porto foram os que viram o seu índice de poder de compra baixar mais nos últimos 30 anos.
Grupo Marktest
5 abril 2022

Os dados do Sales Index, a aplicação de geomarketing desenvolvida pela Marktest, revelam que um terço do índice de poder de compra (sales index) do Continente está concentrado em apenas 12 concelhos, o que demonstra claramente as assimetrias regionais que continuam a caracterizar o nosso país.

Criado pela primeira vez em 1992, o índice sales index permite acompanhar anualmente como se caracterizam os concelhos do Continente em relação aos indicadores de poder de compra regional.

A edição de 2022 deste índice mostra o concelho de Lisboa a liderar a tabela, concentrando 8.5% do poder de compra do Continente, seguido de Porto, com 3.3%, e Sintra, com 3.1%. Vila Nova de Gaia e Oeiras completam o top 5.

Mas uma análise longitudinal evidencia uma quebra muito significativa nos concelhos de Lisboa e Porto, que assim se têm vindo a aproximar dos restantes concelhos do Continente. Em ambos os concelhos, o valor agora registado está 49% abaixo do observado em 1992, o primeiro ano em que a Marktest calculou este índice.

Embora estas comparações entre os vários anos tenham de ser lidas com algum cuidado (algumas variáveis que compõem os índices foram alteradas ao longo destes 30 anos, por exemplo), a análise dá-nos uma tendência geral.

Uma das razões desta quebra tem a ver com a população residente nestes concelhos. Nos últimos 30 anos, o Porto perdeu mais de 70 mil habitantes (tem hoje menos 23% de residentes do que em 1991) e Lisboa mais de 117 mil (menos 18% do que há 30 anos).

Entre os concelhos que mais índice de poder de compra perderam nos últimos 30 anos, encontram-se ainda os concelhos de Vila Velha de Ródão, Almeida ou Barreiro.

Pelo contrário, Sobral de Monte Agraço triplicou este índice no período em análise e Aljezur duplicou-o. Paredes e Alcochete também apresentam hoje um índice de quase o dobro de 1992. Mafra completa a lista de 5 concelhos onde este índice mais cresceu no período em análise.

No total dos 278 concelhos do Continente, 166 concelhos registaram ganhos no índice de poder de compra nos últimos 30 anos, 102 observaram perdas e 7 concelhos apresentam em 2022 o mesmo valor que em 1992. Esta análise não é possível para os concelhos de Odivelas, Trofa e Vizela, criados depois de 1992.

A versão de 2022 do Sales Index conta já com os resultados dos Censos 2021 por freguesia, assim como Classes Sociais e Grupos Ocupacionais por concelho, um conjunto de indicadores exclusivos da Marktest, que os construiu com base na sua extensa base de dados proveniente das entrevistas dos seus estudos regulares de âmbito nacional.

Poderá consultar a totalidade da informação disponível e a respetiva desagregação geográfica na Lista de Variáveis.

O departamento técnico da Marktest disponibiliza serviços de análise de informação adaptados àqueles clientes que, não tendo equipa que possa dedicar-se a este tipo de atividade, necessitam de conhecer o território nacional para identificar novas oportunidades de negócio.

Clique aqui para conhecer as principais funcionalidades desta aplicação, ou contacte-nos se pretende uma demonstração ou mais informações sobre o Sales Index.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • MRMW APAC 2022

    Evento dedicado ao Market Research.

    6 a 7 de julho de 2022

    Merlien Institute

    Singapura

  • CIAIQ2022

    11º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa

    12 a 15 de julho de 2022

    Ludomedia

    Faculdade de Ciências da Educação da Universidade da Corunha; Espanha