MediaMonitor TV Tops

Tops de audiências e protagonistas da semana de 11 a 17 de Dezembro de 2006.

MediaMonitor,  28 dezembro 2006

De 11 a 17 de Dezembro o jogo da Liga dos Campeões entre o Sporting e Spartak Moscovo trasmitido na RTP1 liderou o Top 10 programas com 19.4% de audiência média e 45.4% de share. No segundo posto ficou o encontro da Bwin Liga entre o Naval e o Benfica seguido da novela Tempo de Viver que manteve a terceira posição. A reportagem, Vida de Sobras da SIC foi o melhor programa desta estação na quarta posição, com 14.2% de audiência média e 32.5% de share. Esta semana a TVI colocou 5 programas no Top, tendo a RTP e a SIC repartido as restantes posições com 3 e 2 programas respectivamente.

Entre 11 e 17 de Dezembro a semana informativa ficou marcada pelo Caso Apito Dourado depois que após 2 anos de investigações passa a ser coordenado pela Magistrada Maria José Morgado e o envio da Lei das Finanças Locais para o Tribunal Constitucional por parte do Presidente da República, Cavaco Silva.

Na liderança do Top Protagonistas continua o Primeiro-ministro José Sócrates com a presença nos 10 anos da Fundação Mário Soares onde entregou o prémio de Empresário do Ano a Belmiro de Azevedo, e que acredita que a Economia portuguesa vai crescer ao nível das previsões do governo.

Na 2ª posição do Top desta semana ficou o Ministro Teixeira dos Santos. O destaque da sua intervenção vai para as notícias que dão nota positiva de Bruxelas aos desempenhos da economia portuguesa, embora recomendando mais reformas. O Ministro da Finanças traçou objectivo económico até 2010: crescimento de 3% a partir de 2009 e desemprego nos 6.3%.

A 3ª posição do Top pertence ao Presidente da República, Cavaco Silva com a decisão de enviar para o Tribunal Constitucional a Lei das Finanças locais, para a verificar a constitucionalidade. Destaque também para a sua presença na abertura do Congresso do Poder Local onde alertou os autarcas para as responsabilidades acrescidas nas matérias de ética e transparência.

Outras notícias em destaque:

Os líderes dos 25 aprovaram a realização, em Lisboa, de uma cimeira entre a UE e os países Africanos, durante a Presidência Portuguesa, no segundo semestre de 2007. Governo afirma que o Estado tem este ano menos 10.000 funcionários públicos.
A lista de devedores ao fisco vai ter critérios mais apertados e vão ser incluídos contribuintes singulares que devam mais de 25.000 euros e empresas a aprtir de 50.000 euros. Esta medida enquadra-se no esforço de combate à fuga fiscal.
Em Portugal há mais de 3.5 milhões doentes crónicos e representam de 60 a 80% dos gastos totais no Serviço Nacional de Saúde. O Ministro Correia de Campos apelou à Industria Farmacêutica para baixar os preços destes medicamentos, pedido feito no Fórum do Doente Crónico. O Ministro considerou ainda incompatível que os médicos do Serviço Nacional de Saúde exerçam cargos de Administração no sector privado.
Os Ministérios da Administração Interna, do Trabalho e da Educação assinam um protocolo com a Microsoft para a promoção e certificação de competências escolares e profissionais dos agentes da PSP.
As exportações portuguesas aumentaram acima das importações no mês de Setembro mas o défice da balança comercial agravou-se em 2.5% segundo dados do INE.
O presidente da Autoridade da Concorrência garante que vai tomar uma decisão final sobre a Oferta Pública de Aquisição da Sonaecom sobre a Portugal Telecom até ao final do ano. Quanto à OPA do BCP sobre o BPI, Abel Mateus promete revelar o projecto de decisão antes do ano terminar.
O Conselho Nacional de Ética e Ciências da Vida concorda com o levantamento da restrição à colheita e dádiva de órgãos em vida, mas alerta que tal medida pode vir a facilitar a sua comercialização.
O Prémio Pessoa 2006 foi atribuído ao professor António Câmara, fundador da empresa de novas tecnologias Ydreams.
No desporto, o destaque vai para o apuramento do Sporting de Braga para a fase seguinte da Taça UEFA juntando-se ao Benfica.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais