O sistema de ensino nos últimos dez anos
Os dados disponíveis na análise Os Concelhos Portugueses 1998-2008, que a Marktest recentemente tornou disponível, permitem analisar as principais tendências de evolução do sistema de ensino português ocorridas na última década.
Grupo Marktest,  31 dezembro 2008

placeholder A análise dos dados do INE disponíveis na publicação Os Concelhos Portugueses 1998-2008, produzida com base no sistema de informação Sales Index da Marktest, mostra que o número de alunos aumentou 3% entre 1994/95 e 2005/2006, o que correspondeu à existência de mais 48 355 estudantes naquele período. Considerando os matriculados desde a pré-primária até ao secundário, contabilizam-se mais de 1,6 milhões em 2005/2006.

Uma vez que este aumento foi inferior ao verificado no número de estabelecimentos, assistiu-se a um decréscimo do número médio de alunos por escola, que passou de 101 em 1994/95 para 93 em 2005/2006.

No ensino público, o número de alunos matriculados registou, no mesmo período, uma quebra de 8.1%, contabilizando-se agora menos 118 mil alunos neste sistema de ensino num total de 1,3 milhões. Registou-se também uma diminuição significativa do peso destes alunos no conjunto dos matriculados em 2005. Em 1994/95, o ensino público representava 91.6% das matrículas e em 2005/2006 representa 81.7%.

Já no ensino privado, o número de alunos matriculados mais do que duplicou na última década, passando de 134 mil para 301 mil, considerando os vários níveis do pré-escolar ao secundário. Houve igualmente um aumento muito significativo do peso destes alunos no total dos matriculados, que passou de 8.4% em 1994/95 para 18.3% em 2005. Este aumento foi sobretudo evidente no pré-escolar (aumentou 5 vezes no período), que, actualmente, é responsável por 47.7% do total de matrículas neste nível de ensino.

placeholder

No período em análise, leccionaram mais 30 888 professores no Continente, o que correspondeu a um aumento de 22.3%. Considerando os professores e educadores de infância desde a pré-primária até ao secundário, contabilizam-se cerca de 170 mil docentes em 2005/2006. Uma vez que este aumento foi maior ao registado no número de inscritos, o número médio de alunos por professor baixou de 12 para 10. No ensino público, o número de professores aumentou 21.5%, ao passo que no privado esse aumento foi de 27.9%.

A análise realizada tem como base indicadores disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest, trabalhados na publicação Os Concelhos Portugueses 1998-2008, recentemtente lançada. A informação desta publicação encontra-se estruturada em 11 áreas temáticas:

  • Território e Ambiente
  • População
  • Construção e Habitação
  • Ensino, Cultura e Lazer
  • Saúde e Segurança Social
  • Justiça
  • Estrutura Empresarial e Emprego
  • Actividade Económica
  • Finanças Nacionais e Autárquicas
  • Índices Marktest
  • Sites Autárquicos

A análise apresenta diversas abordagens, permitindo visualizar as tendências de evolução dos principais indicadores estatísticos, a estrutura regional de cada indicador e destaca os concelhos que se evidenciam (pela positiva ou pela negativa) em cada tema. Em anexo, é disponibilizada a informação desagregada por concelho.

Para obter mais detalhes sobre esta análise, consulte o seguinte link e veja a brochura de apresentação. Contacte-nos pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • QSP Summit

    O QSP SUMMIT afirma-se como a mais relevante Conferência de Management e Marketing da Europa.

    28 a 30 de junho de 2022

    QSP - Consultoria de Marketing

    Feira Internacional do Porto, Matosinhos

    info@qspsummit.pt

  • Data Science Analytics Course

    Curso online, dirigido a todos os profissionais e empresas de estudos de mercado, que queiram entender melhor o campo florescente da Data Science.

    30 de junho de 2022

    APODEMO em colaboração com a MRS

    apodemo@apodemo.pt