Analgésicos mais consumidos por mulheres
Analgésicos mais consumidos por mulheres
placeholder
Os resultados da 1ª vaga de 2013 do estudo TGI da Marktest mostram como as mulheres são quem mais refere tomar analgésicos ou medicamentos para as dores de cabeça.
Grupo Marktest
12 junho 2013

placeholder O estudo TGI da Marktest contabiliza, na primeira vaga de 2013, 4 929 mil portugueses que referem ter tomado analgésicos ou medicamentos para as dores de cabeça nos últimos 12 meses, o que representa 59.3% dos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Na análise do perfil destes consumidores, vemos que o género é a variáveis mais discriminante, pois é a que apresenta maior heterogeneidade de comportamento. Enquanto 48.1% dos homens refere tomar analgésicos, entre as mulheres essa percentagem sobe para os 69.5%.

Entre as idades, os valores sobem gradualmente com o avanço da idade, até um máximo de 68.8% entre os indivíduos dos 45 aos 54 anos, para depois voltar a baixar para um mínimo de 48.7% entre os indivíduos com mais de 64 anos.

Por região não se registam grandes diferenças, enquanto entre as classes sociais, as percentagens baixam de 65.6% junto dos indivíduos das classes alta e média alta para 57.6% junto dos indivíduos das classes média baixa e baixa.

placeholder

Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • Consumidores - Presente e Futuro

    Neste evento, em que se celebram os 50 anos da DECO, serão abordado entre outros temas, a inteligência artificial, as alterações climáticas e o futuro da Europa

    27 de maio de 2024

    DECO, coorganizado com a European Consumer Organisation

    Centro Cultural de Belém, Lisboa

    50anos.deco.conferencia@deco.pt

  • 4A's MPF

    O 4A's Management Practitioners Forum (MPF) é uma conferência exclusiva para membros, destinada a líderes de agências independentes.

    4 a 5 de junho de 2024

    American Association of Advertising Agencies

    Chicago, EUA

    gwalker@4as.org