Pagamento de despesas domésticas através do banco continua a aumentar
Pagamento de despesas domésticas através do banco continua a aumentar
placeholder
Os dados do estudo Basef Banca da Marktest mostram que o pagamento de despesas domésticas através do banco continua a aumentar entre nós.
Grupo Marktest
20 outubro 2015

placeholderEntre Janeiro e Setembro de 2015, o estudo Basef Banca da Marktest contabilizou 4 382 mil indivíduos que utilizam os bancos para pagamento de despesas domésticas (água, gás, electricidade, etc), correspondendo a 59.2% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos que possuem conta bancária e que identificam o(s) banco(s) onde possuem conta.

A penetração deste tipo de serviço bancário, que é o mais utlizado pelos bancarizados, continua a registar crescimento no mercado português.

placeholder

Na análise do perfil dos possuidores deste serviço bancário, a ocupação e a idade são as variáveis que mostram maior oscilação dos valores.

A maior penetração de pagamento de despesas domésticas encontra-se junto dos quadros médios e superiores, assim como dos indivíduos das classes mais elevadas, ao contrário dos estudantes e indivíduos mais jovens, os mais afastados deste serviço.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Basef Banca da Marktest, um estudo regular da Marktest, lançado em 1989 e que tem por objectivo apoiar o marketing dos Bancos, fornecendo informação sobre os comportamentos, atitudes e opiniões dos consumidores efectivos e potenciais dos serviços financeiros destinados aos particulares. Estuda o universo constituído pelos indivíduos com idade igual ou superior a 15 anos, residentes em Portugal Continental. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais