A geografia das presidenciais de 2016

A geografia das presidenciais de 2016

placeholder

Os resultados eleitorais para a Presidência da República mostram em 2016 um mapa quase monocromático, mas com exceções.

Grupo Marktest
26 janeiro 2016

Segundo os resultados divulgados pela Direção Geral da Administração Interna, Marcelo Rebelo de Sousa foi o candidato mais votado nas eleições de 24 de Janeiro de 2016, ao obter 52% dos votos válidos e será assim o próximo Presidente da República Portuguesa.

Sampaio da Nóvoa obteve 22.89% dos votos, Marisa Matias 10.13%, Maria de Belém 4.24%, Edgar Silva 3.95% e os restantes candidatos 6.8%.

Numas eleições em que estavam inscritos 9 700 959 eleitores, compareceram nas urnas 4 737 342 votantes, o que representou uma taxa de abstenção de 51.17% e de participação eleitoral de 48.83%. A taxa de participação foi mais elevada na freguesia de Isna (concelho de Oleiros), onde 78.35% dos 194 inscritos foram votar. Pelo contrário, na freguesia de Esperança e Brunhais (concelho de Póvoa de Lanhoso) foi onde se registou a maior taxa de abstenção, pois apenas 17.08% dos 884 inscritos nesta freguesia foram votar. Na freguesia de Muro (concelho de Trofa), as eleições foram boicotadas não se tendo realizado neste dia.

Uma análise por concelho, mostra que Marcelo Rebelo de Sousa foi o candidato mais votado em todos os concelhos do país, à exceção de 17 concelhos dos distritos de Beja, Évora, Portalegre e Setúbal. Em Avis, Edgar Silva foi o candidato mais votado e em Aljustrel, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Vidigueira, Alandroal, Portel, Viana do Alentejo, Campo Maior, Gavião, Alcácer do Sal, Barreiro, Grândola e Moita foi Sampaio da Nóvoa quem obteve maior votação.

Os mapas seguintes apresentam o candidato que obteve maior percentagem de votos nos concelhos do país nestas eleições e ainda as percentagens de voto que cada candidato à eleição presidencial obteve ao nível municipal.

As assimetrias políticas entre o Norte e o Alentejo estão bem patentes nos mapas das votações obtidas por Marcelo Rebelo de Sousa e Edgar Silva.

Já ao nível da freguesia, Marcelo obteve a maioria dos votos válidos em 2943 das 3092 freguesias do país. Sampaio da Nóvoa foi o mais votado em 125 freguesias, Edgar Silva em 21 freguesias, tendo Marisa Matias e Vitorino Silva sido mais votadas nas freguesias de que são naturais. Marisa foi a candidata mais votada em Vila Seca e Bem da Fé (concelho de Condeixa-a-Nova) e Vitorino Silva foi o vencedor na freguesia de Rans (concelho de Penafiel).

Uma análise dos dados disponíveis por freguesia permite ainda conhecer algumas curiosidades destas eleições. Assim:

  • A maior percentagem de votos brancos e de votos nulos ocorreu na freguesia de Mosteiro (concelho de Lajes das Flores), com 12.5%, o correspondente a 2 votos brancos e 2 votos nulos de um total de 16 votantes na freguesia.
  • Em 217 freguesias não houve nenhum voto em branco e em 238 não houve nenhum voto nulo
  • Henrique Neto obteve a sua maior votação na freguesia de Marinha Grande (onde viveu na infância), com 5.75%
  • Sampaio da Nóvoa recolheu maior percentagem de votos nas freguesias de Nossa Senhora da Graça dos Degolados (concelho de Campo Maior) e de Cunheira (concelho de Alter do Chão), com 52.86% e 52.8% dos votos, respetivamente
  • Cândido Ferreira obteve maior votação na freguesia de Urra (concelho de Portalegre), com 9.24%
  • Edgar Silva conseguiu maior votação na freguesia de São Martinho (concelho de Alcácer do Sal), com 59.39% dos votos. Na freguesia de Alcórrego e Maranhão (concelho de Avis) também obteve mais de 50% dos votos (53.1%)
  • Jorge Sequeira registou um máximo de 5% em Celas (concelho de Vinhais)
  • Vitorino Silva obteve maior expressão eleitoral na sua freguesia natal, Rans, onde foi o candidato mais votado com 60.93% dos votos
  • Marisa Matias obteve o seu máximo de votação na freguesia onde passou a infância, Vila Seca e Bem da Fé (concelho de Condeixa-a-Nova), com 49.1%
  • Maria de Belém registou maior votação na freguesia de Fiães (concelho de Melgaço), com 23.17%
  • Marcelo Rebelo de Sousa obteve um máximo de 92.05% na freguesia de Rego (concelho de Celorico de Basto, onde tem raízes familiares). Registou ainda uma percentagem de votação acima de 90% em mais três freguesias e acima de 50% em 2257 das 3092 freguesias do país
  • Finalmente, Paulo de Morais conseguiu um máximo de 10.07% dos votos na freguesia de Cabaços (concelho de Moimenta da Beira)

Os resultados destas eleições estarão em breve disponíveis ao nível da freguesia no sistema de informação Sales Index da Marktest e ao nível do concelho na aplicação web Municípios Online. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais