Mais de 2 em 5 portugueses estariam dispostos a pagar mais por alimentos amigos do ambiente

Mais de 2 em 5 portugueses estariam dispostos a pagar mais por alimentos amigos do ambiente

placeholder

Os dados do estudo TGI revelam que mais de 2 em 5 portugueses estariam dispostos a pagar mais por alimentos amigos do ambiente, um valor acima de muitos parceiros europeus.

Grupo Marktest
8 novembro 2016

Segundo os resultados do estudo TGI para alguns países europeus e para os Estados Unidos, a disposição para pagar mais por alimentos amigos do ambiente não é ainda algo comum à maioria dos inquiridos. Em 6 dos 18 países onde esta questão foi colocada, não abrange sequer um em cada três entrevistados.

Em Portugal, 44.6% dos entrevistados pela Marktest assumem esta predisposição, o que coloca o nosso país na quarta posição deste conjunto de países. Na Croácia o valor sobe para 45.5%, em Espanha para 47.4% e na Eslovénia para 49.0%, que é assim o país onde mais residentes se mostram dispostos a pagar mais por alimentos amigos do ambiente.

Na cauda da tabela está a Suécia, onde esta opinião é comum a 16.6% dos entrevistados neste país, um valor abaixo do observado na Hungria (23.8%) e na Irlanda do Norte (25.9%).

Os dados e análises apresentadas fazem parte do estudo TGI, propriedade intelectual da Kantar Media, e do qual a Marktest detém a licença de exploração em Portugal, é um estudo único que num mesmo momento recolhe informação para 17 grandes sectores de mercado, 280 categorias de produtos e serviços e mais de 3000 marcas proporcionando assim um conhecimento aprofundado sobre os portugueses e face aos seus consumos, marcas, hobbies, Lifestyle e consumo de meios.

Presente em mais de 60 países nos 5 Continentes, o TGI poderá ainda caracterizar mercados internacionais com vista ao conhecimento dos consumidores além fronteiras.

Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais