5,3 milhões de portugueses usam redes sociais
5,3 milhões de portugueses usam redes sociais
placeholder
O Bareme Internet revela que 5,3 milhões de portugueses usam redes sociais e o recente estudo Os Portugueses e as Redes Sociais avança que o Instagram é a que mais tem crescido nos últimos cinco anos.
Grupo Marktest
2 outubro 2018

Sendo um fenómeno relativamente recente (o Facebook e o Twitter, por exemplo, nasceram em 2006), as redes sociais são hoje dos sites mais relevantes para os portugueses.

Entre nós, a penetração das redes sociais aumentou mais de três vezes e meia entre 2008 e 2017, passando de 17.1% para 61.9%, segundo os dados do estudo Bareme Internet da Marktest.

placeholder

O grande crescimento das redes sociais deu-se entre 2010 e 2012 e hoje há apenas 770 mil indivíduos que costumam usar a Internet mas não acedem a redes sociais.

Segundo o estudo Os Portugueses e as Redes Sociais 2018 , o Facebook é a rede social mais relevante em Portugal: 87.5% dos utilizadores dizem espontaneamente, em 1º lugar, conhecer o Facebook e 95% têm conta no Facebook.

Mas novas redes sociais têm emergido nos últimos anos, sendo de destacar sobretudo o Instagram, que é hoje a segunda rede mais conhecida e a segunda de maior penetração, com 60% dos utilizadores de redes sociais a afirmar terem conta no Instagram, um valor que sobe para os 91% entre os mais jovens.

WhatsApp, Youtube e LinkedIn completam a lista das 5 redes sociais com mais penetração em Portugal.

placeholder

Consulte o folheto de apresentação deste estudo onde encontra mais detalhe sobre as áreas temáticas abordadas e contacte-nos para mais informações.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • QSP Summit

    O QSP SUMMIT afirma-se como a mais relevante Conferência de Management e Marketing da Europa.

    28 a 30 de junho de 2022

    QSP - Consultoria de Marketing

    Feira Internacional do Porto, Matosinhos

    info@qspsummit.pt

  • Data Science Analytics Course

    Curso online, dirigido a todos os profissionais e empresas de estudos de mercado, que queiram entender melhor o campo florescente da Data Science.

    30 de junho de 2022

    APODEMO em colaboração com a MRS

    apodemo@apodemo.pt