Metade das importações em 6 concelhos

Metade das importações em 6 concelhos

placeholder

Segundo os dados de 2017, divulgados pelo INE, relativos ao comércio internacional, apenas 6 concelhos são responsáveis por 50.2% das importações nacionais.

Grupo Marktest
7 maio 2019

Os dados relativos às exportações e importações em Portugal, divulgados pelo INE e disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index, da Marktest, mostram que a balança comercial portuguesa mantem-se deficitária, situando-se em 2017 nos -10,9 mil milhões de euros, sendo este o valor mais elevado desde 2011.

No que respeita à balança comercial, Setúbal é o concelho que apresenta maior superavit, com um saldo positivo de mais de 1,2 mil milhões de euros. A este facto não será alheio a presença da indústria petroquímica e demais indústrias transformadoras. Por outro lado, é ainda de ter em conta a intensa atividade portuária neste concelho, em boa parte resultante da atividade da empresa do ramo automóvel Auto Europa localizada no concelho de Palmela e o peso das exportações no total da produção desta empresa.

O valor global de exportações (comércio intra e extra-comunitário) registadas em 2017 foi de 52,6 mil milhões de euros. O concelho de Lisboa foi o maior exportador (representando 13.0% do total). Palmela aparece como o segundo concelho com maior volume de exportações, representando 4.9% do total . Segue-se o concelho de Vila Nova de Famalicão (com 3.8% do total), Setúbal (3.2%) e Maia (3.0%). Verifica-se assim, que em apenas 3 concelhos estão concentradas 21.7% do total das exportações do país.

Em termos de importações, o montante global atingiu 63,5 mil milhões de euros em 2017, sendo de novo Lisboa o concelho com maior volume. Este concelho foi responsável por mais de um quarto das importações nacionais (26.5%). Segue-se Oeiras (representando 10.6% do total) e Sintra (4.4%). Palmela, Porto e Maia, respetivamente com um peso de 3.3%, 3.2% e 2.2%, encerram a lista dos concelhos com maior volume de importações. No conjunto, estes 6 concelhos concentram metade do valor das importações nacionais.

Os dados desta análise são publicados pelo INE nas suas Estatísticas do Comércio Internacional e são relativos ao ano de 2016, estando disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index, que a Marktest desenvolve desde 1992. Consulte aqui mais informação sobre esta aplicação de geomarketing ou contacte-nos se pretender uma demonstração ou mais informações.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais