Expectativas dos Portugueses são Pessimistas

Nos 35 pontos em Junho, o índice de expectativa Marktest revela o pessimismo dos portugueses face à evolução da situação situação económica pessoal, do agregado familiar e do país.

No ano de 2001, o índice registou ao longo de todo o ano avaliações negativas da evolução futura, apresentando valores abaixo dos 50 pontos, valor que serve como referência para identificar expectativas positivas (acima daquele valor) de expectativas negativas (abaixo dele). Contudo, no segundo semestre de 2001 as expectativas, embora mantendo-se na zona do pessimismo, iniciaram um movimento de ligeira melhoria do índice para um pessimismo moderado. No primeiro semestre do corrente ano, conforme podemos confirmar pela análise do gráfico, continua a verifica-se um sentimento de pessimismo, denotando-se uma quebra significativa a partir do mês de Março, com uma diminuição de 13 pontos entre os meses de Março e Junho.

Maior pessimismo tem sido expresso pelos inquiridos do sexo feminino durante todo o ano de 2001 e o primeiro semestre de 2002, revelando valores abaixo do índice geral. Pelo contrário, os homens denotam um sentimento pessimista geralmente acima do índice geral.

O Índice de Expectativa é um indicador recolhido regularmente pelo Fonebus, um omnibus telefónico da Marktest, desde Março de 1990, junto dos indivíduos com idade superior a 18 anos, residentes em Portugal Continental.
Para a aferição do índice utiliza-se uma base de 800 entrevistas mensais. Aos inquiridos são colocadas duas questões:

- Pensa que daqui a um ano a sua situação económica e pessoal e a do seu agregado familiar será melhor, pior ou igual?
- E em relação à situação económica do país, pensa que daqui a um ano ela será melhor, igual ou pior?

O Índice de Expectativa face à situação económica resulta da conjugação das respostas obtidas a estas duas questões. Para a construção do índice é atribuído um valor de 100 às respostas “melhor”, 50 às respostas “igual” e 0 às respostas “pior”, não entrando em análise os indivíduos que não responderam às questões. Procedendo-se à média das respostas e pressupondo-se que 50 é o valor que separa expectativas optimistas de expectativas pessimistas, , o índice varia entre 0 e 100 de acordo com a seguinte escala:

Valor do Índice  Expectativa
0-25  Pessimismo acentuado
25-50 Pessimismo moderado
50-75  Optimismo moderado
75-100 Optimismo acentuado




Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais