REGIÕES MARKTEST: Uma Caracterização

As regiões Marktest existem desde o início da actividade da empresa. O principal objectivo foi a segmentação regional das amostras dos vários estudos regulares da Marktest.

Estas regiões foram seleccionadas a partir de uma estratificação do continente, onde foi considerada como unidade geográfica mínima o concelho, devido ao facto de existir maior quantidade de informação disponível a este nível de desagregação geográfica.

Os concelhos foram posteriormente agrupados em estratos homogéneos, sendo utilizada a técnica de análise de clusters e considerando as variáveis: índice de ruralidade, que permite a classificação de municípios urbanos e rurais; índice de consumo, que representa a riqueza por habitante; o habitat, agrupando localidades dentro de cada concelho mediante limites estabelecidos; e, por último considerou-se a variável contiguidade geográfica, com o objectivo de determinar o posicionamento de concelhos, sempre que se revelem possuidores de características de transição relativamente a concelhos vizinhos.

Da conjugação destas quatro variáveis principais, foram obtidos estratos homogéneos de concelhos que foram agrupados em Regiões Marktest, definidas com base na homogeneidade dos estratos que as integra. Chegou-se então às seguintes regiões: Grande Lisboa; Grande Porto, Litoral Norte, Litoral Centro, Interior Norte e Sul.

Estas regiões são hoje uma referência na área dos estudos de mercado e da media e, também, amplamente utilizadas no mercado empresarial. O que lhe apresentamos nesta edição é uma caracterização sumária destas regiões. Explore o mapa que publicamos e veja os principais indicadores de cada região.



Clique na Região que quer conhecer

placeholder

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais