49 concelhos com índice de consumo superior à média
Os dados disponíveis na análise Índices Concelhios Marktest 2006 permitem concluir que o índice de consumo é superior à média num restrito número de concelhos do Continente. A lista é encabeçada pelos concelhos de Lisboa e Albufeira.
Grupo Marktest,  7 novembro 2006

placeholder

Os concelhos de Lisboa e de Albufeira lideram a lista dos concelhos com maior índice de consumo no Continente. Em Lisboa, o índice apresenta um valor mais de duas vezes e meia superior à média e em Albufeira mais de duas vezes superior. Este índice assume um valor de 257.52% em Lisboa e de 230.63% em Albufeira, para um valor médio de 100.00% no Continente.

Estes dados constam da análise Índices Concelhios Marktest 2006, disponibilizada recentemente pela Marktest e realizada com base na informação contida no sistema de informação Sales Index da empresa.

O índice de consumo é anualmente calculado pela Marktest para todos os concelhos do Continente e está disponível no Sales Index. O índice resulta de um rácio entre o índice de poder de compra regional (sales index) e o índice de população, ambos expressos em permilagem. Sendo o sales index um indicador relativo da riqueza potencial dos concelhos do Continente, o índice de consumo representa de certo modo a riqueza por habitante. Os concelhos com um índice de consumo superior a 100 evidenciam assim uma riqueza per capita (um potencial para o consumo) superior à média do Continente.

No mapa representam-se estes 49 concelhos (num total de 278) com um índice de consumo superior à média do Continente (100%).

Um ranking deste índice mostra que Lisboa e Albufeira são os concelhos com maior potencial para o consumo, com um índice de mais de duas vezes superior à média. Na terceira posição desta tabela está o concelho do Porto, com um índice de 184.98%. Oeiras ocupa a quarta posição e Loulé a quinta, respectivamente com 175.97% e 164.78%.

Entre os dez concelhos com maior índice de consumo contamos ainda mais cinco concelhos do Algarve: Lagos (155.14%), Vila do Bispo (146.75%), Lagoa (140.56%), Faro (138.38%) e Portimão (135.56%).

placeholder

A análise do mapa permite constatar que, à excepção dos concelhos de Alcoutim, Monchique, Olhão e São Brás de Alportel, todos os restantes concelhos algarvios apresentam um índice superior à média do Continente.

Uma outra constatação prende-se com o facto de muitos dos concelhos do Alentejo fazerem parte deste grupo de 49 concelhos com um índice de consumo superior à média. De facto, 16 destes 49 concelhos localizam-se no Alentejo.

Há, no entanto, a salientar que, dado que este índice resulta de um rácio entre o sales index e o índice de população, a posição que os concelhos do Alentejo e do Algarve apresentam neste índice tem explicações diferenciadas. Se, por um lado, a desertificação dos concelhos alentejanos explica o facto de possuírem um índice de consumo superior à média do Continente, já no caso dos concelhos do Algarve é a sua vocação turística e a posição que detêm em termos de poder de compra que explica estes valores.

Nas regiões Norte e Centro, esta lista contém Valença, Caminha, Porto, Espinho, São João da Madeira, Aveiro, Coimbra, Castelo Branco, Marinha Grande, Óbidos, Nazaré e Constância.

Na bacia do Tejo, encontramos Loures, Lisboa, Oeiras, Cascais, Alcochete, Montijo, Palmela, Setúbal e Almada, que encerram a lista dos concelhos onde este índice assume um valor superior à média do Continente e onde a riqueza potencial per capita é maior.

Refira-se finalmente que estes 49 concelhos concentram 41.5% do Sales index, 27.2% da população do Continente, 33% das empresas, 56.3% da facturação das empresas, 59.7% dos impostos do Estado e 48% dos impostos municipais, 39.8% das dependências bancárias e 42.8% do valor dos levantamentos no Multibanco.

placeholder

O Sales Index é um sistema de gestão de informação de base concelhia da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Alguns produtos relacionados com esta notícia

placeholder

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • The Art & Science of Inovation

    16 a 18 de junho de 2024

    ESOMAR

    Chicago, EUA

    events@esomar.org

  • 30 anos CNPD

    A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) realiza uma conferência internacional, integrada nas comemoraçãoes do seu 30º aniversário.

    24 de junho de 2024

    Comissão Nacional de Proteção de Dados

    Sala do Senado, Assembleia da República, Lisboa

    geral@cnpd.pt