Cerca de 33% dos médicos acedem à internet para ler jornais ou revistas

Segundo os resultados do estudo Bareme Pharma da Novadir, O Expresso é o título generalista de maior penetração de leitura junto da classe médica, ao passo que a Visão é o título de maior penetração de assinatura.

Novadir,  15 março 2007

Segundo os resultados do novo estudo da Novadir, Bareme Pharma, no que diz respeito aos meios generalistas, e em concreto à leitura de títulos generalistas, 63% dos médicos inquiridos lêem com regularidade o Expresso, seguido do Público (com 55%). A Visão, com 45%, é o 3º título com maior penetração de leitura.

Em média os inquiridos lêem regularmente 3 publicações da imprensa generalista.

No que diz respeito à assinatura de títulos generalistas (24% dos médicos referem ter esta prática) o destaque vai para a Visão, já que é o título de maior penetração de assinatura, com 60%. O segundo título de maior penetração de assinatura, muito distanciado da Visão, é uma publicação mensal - a revista National Geographic, com 12%.

Os médicos inquiridos têm o hábito de ouvir rádio e ver televisão quase absoluta (99,5% ouvem rádio e 97,5% vêm televisão). Se esta análise for feita numa base de consumo diário, 83% referem ouvir rádio todos os dias, numero que cai ligeiramente, 70%, quando se fala de visionamento televisivo.

Apesar de ainda distante dos resultados dos restantes meios generalistas, são já 68% os médicos que revelam utilizar a internet, dos quais 48% fazem-no de forma regular, sendo que os internautas de maior frequência de utilização são essencialmente os médicos "grandes prescritores".

Quanto aos temas de maior interesse aquando do acesso online, são essencialmente os de âmbito profissional, com a medicina a ser a área de maior interesse (92%), seguida da ciência com 75%.

"Noticias" é um tema online procurado por 65%, não sendo de estranhar assim uma considerável penetração de leitura de imprensa online, quer especializada, quer generalista: 33% dos inquiridos refere ler Jornais e revistas especializadas online, sendo o British Medical Journal o de maior penetração de leitura on-line. Já em termos de imprensa generalista, 34% lê esta imprensa on-line, sendo o Público o título de maior penetração, com 65% de leitura online.

Em termos de sites concretos da área médica, o Univadis é o site que os médicos mais acedem, com 23%, seguido do Medline com 9%.

Para mais informações sobre este estudo, contactar:
Novadir

Telf. +351 21 358 33 10



Ficha Técnica:

Estudo regular realizado pela Novadir, junto de uma amostra aleatória de 200 médicos que praticam Clínica Geral e Medicina Familiar em Portugal Continental e Ilhas (para um intervalo de confiança de 95% o nível de erro é de ± 6,84 pp). A amostra foi ponderada para o universo. A selecção dos médicos foi aleatória a partir da base de dados médica da Novadir, realizada para os locais de trabalho - Centros de Saúde, Hospitais e Consultórios. A informação foi recolhida por entrevista telefónica através do método de CATI , durante Novembro e Dezembro de 2006.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais