Férias mais repartidas

A análise dos dados disponíveis no estudo Consumidor da Marktest mostra que os portugueses estão a repartir mais as suas férias, usufruindo de mais do que um período por ano.

Grupo Marktest,  12 junho 2007

O Consumidor 2006 contabiliza no Continente 6 079 mil residentes com 15 e mais anos que dizem ter usufruído férias (referência: último ano), um número que corresponde a 73.1% do universo em estudo.

Nos últimos cinco anos, este indicador tem mostrado uma relativa estabilidade. É ao nível do número de períodos de férias usufruídos que se registam diferenças no padrão. Se em 2002 a maior parte dos inquiridos (38.9%) afirmava ter usufruído de apenas um período de férias, já em 2006 foram mais (39.9%) os que disseram ter tirado mais do que um período de férias.

A idade, a ocupação e a classe social evidenciam comportamentos bastante heterogéneos.

Tal como seria de esperar, os jovens dos 15 aos 17 anos e os estudantes, são dos que mais referem ter usufruído de férias (96.4% e 93.4%, respectivamente). Da mesma forma, os quadros médios e superiores e os indivíduos das classes sociais alta e média alta também apresentam uma taxa significativa, respectivamente 95.4% e 92.0%.

Os mais idosos, os reformados e domésticas e os indivíduos da classe social baixa apresentam as taxas mais baixas neste indicador.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais